Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/48811
Title: Pesquisa de podocitúria como marcador de atividade em nefrite lúpica
Authors: Kirsztajn, Gianna Mastroianni Kirsztajn [UNIFESP]
Mansur, Juliana Busato [UNIFESP]
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Keywords: pesquisa de podocitúria como marcador de atividade em nefrite lúpica
Issue Date: 28-Jan-2015
Publisher: Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Citation: MANSUR, Juliana Busato. Pesquisa de podocitúria como marcador de atividade em nefrite lúpica. 2015. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2015.
Abstract: Introdução: Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES) é uma doença auto-imune que leva ao comprometimento renal em 20 a 50% dos casos, a qual é decorrente de uma nefropatia induzida por imunocomplexos. Para diagnóstico precoce e acompanhamento da nefrite lúpica (NL), buscam-se marcadores laboratoriais, entre os quais a pesquisa de podocitúria é objeto de investigação recente. Objetivo: Estabelecer a ocorrência e intensidade da podocitúria e sua relação com o grau de atividade da doença, definido por critérios clínicos e laboratoriais. Métodos: Foram avaliados prospectivamente pacientes com NL fazendo-se determinações de podocitúria em amostra isolada de urina por técnica de imunofluorescência. Procedeu-se a avaliações clínicas e laboratoriais para definição de atividade da doença e aplicação de critérios para esse fim (BILAG e impressão clínica). Resultados: A quantificação de podocitúria nos grupos controle e NL diferiu de forma significante (p=0,009). Esta contagem foi mais elevada na classe IV em relação a III e V. A correlação com consumo de C3 foi mais nítida (p=0,011) que com C4. Maiores contagens ocorreram nos grupos mais ativos (A e B do BILAG e da impressão clínica). Menor podocitúria correlacionou-se com menor dose de prednisona. Não se evidenciou associação com intensidade de proteinúria, hematúria ou leucocitúria ou níveis séricos de creatinina. Conclusão: A pesquisa de podocitúria por imunofluorescência demonstrou níveis superiores em pacientes com NL quando comparados aos controles e pode ser utilizada como um indicador de atividade da doença.
URI: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/48811
Other Identifiers: https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=1607411
Appears in Collections:Dissertação de mestrado

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.