Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/47824
Title: Estudo da assimetria de força muscular e descarga de peso em atletas de futebol
Authors: Antunes, Hanna Karen Moreira Antunes [UNIFESP]
Ribeiro, Diego Ramos [UNIFESP]
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Keywords: soccer
muscle strength
lower extremity
futebol
força muscular
membros inferiores
Issue Date: 26-Mar-2014
Publisher: Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Citation: RIBEIRO, Diego Ramos. Estudo da assimetria de força muscular e descarga de peso em atletas de futebol. 2014. 75 f. Dissertação (Mestrado) - Instituto de Saúde e Sociedade, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), Santos, 2014.
Abstract: INTRODCUTION: Soccer is considered the most popular sport of the world. According to a Fédération Internationale de Football Association (FIFA) previous study, 265 million of people play soccer. Despite of running being a prevalent activity, others like sprints, jump, contact and shooting requires explosive force that are essential for a soccer player´s good performance. Perform this activities with inappropriate physical and psycological conditions could induce the development of musculoskeletal injuries. To access these athletes, which need muscle strength and balance control in dynamic ativities, functional tests as vertical jump with the aid of force platforms are used. OBJECTIVES: To identify if there was difference of asymmetry of muscle strength and lower extremities impact force between groups and if that difference induced musculoskeletal injuries. METHODS: 92 athletes of sub-elite 17 and sub-elite 20 soccer categories were separated in 3 groups according to previous evaluation and in 5 sub-groups according to their field positions, each athtlete was evaluated three times throughout the competitive season. Only 8 participants were evaluated three times, longitudinally. The participants were evaluated from the crouched jump and countermovement jump upon a force platform (Globus Ergo System). Data of asymmetries on Excentric Peak of Force, Excentric Peak of Force and Impact Force of the lower extremities was obtained. DATA ANALYSIS: A model of analysis of variance with two fixed factors and Tukey multiple comparisons method was used for the cross-sectional study and a model of analysis of variance with fixed factor for the longitudinal study. RESULTS: The cross-sectional study´s data showed that Goalkeeper´s Group and Defender´s Group presented upper height than other groups, being the Defender´s Group highest than all. The group who did the first evaluation demonstrated less muscle strength asymmetry and impact force values compared to second and third groups. The athletes who participated of the longitudinal part of the study showed relevant asymmetries of muscle strength and impact force, aggravated on return of holiday. CONCLUSION: Were detected asymmetries during the season and the group which showed less asymmetries was the same that showed more injuries incidence. Occurred asymmetry, mainly after holiday period, between athletes who did the three evaluations.
Introdução: O Futebol é considerado o esporte mais popular do mundo, tendo 265 milhões de pessoas no mundo como praticantes. A dinâmica do futebol apesar da corrida ser a atividade predominante, atividades utilizando força explosiva como sprints, saltar, duelos pela posse da bola e chutes são fatores imprescindíveis para o bom desempenho no futebol. A realização destas atividades sem estar em condições físicas e psicológicas adequadas pode fazer com que estes atletas desenvolvam lesões musculoesqueléticas. Para avaliar estes atletas que necessitam de força muscular e controle para a realização de atividades dinâmicas, são necessários testes funcionais como saltos verticais bipodais, mensurados com auxílio da plataformas de força. Objetivos: Identificar se houve de assimetrias de força muscular e força de impacto entre os grupos e identificar se houve relação entre assimetrias de força muscular e força de impacto e o desenvolvimento de lesões. Métodos: 92 atletas das categorias sub 17 e sub 20 de futebol foram separados em 3 grupos de acordo com a avaliação que realizaram e em 5 sub-grupos de acordo com suas posições em campo sendo todos avaliados durante a temporada competitiva em três momentos distintos. 8 atletas realizaram as três avaliações e estes foram analisados através de um modelo longitudinal. Foram avaliados o Squat jump e o Countermovement jump na plataforma de força (Globus Ergo System) e obtidos dados de assimetria entre membros inferiores de Pico de Força Concêntrica, Pico de Força Excêntrica e Força de Impacto. ANÁLISE DE DADOS: Para a análise do estudo transversal foi utilizado o modelo de análise de variância com dois fatores fixos e o método de comparações múltiplas de Tukey; para o estudo longitudinal foi utilizado o modelo de análise de variância com dois valores fixos. Resultados: Os resultados da parte transversal demonstraram que o Grupo dos Goleiros e Gurpo dos Zagueiros apresentaram maior estatura que os outros grupos sendo o Grupo dos Zagueiros o que apresentou maior massa corporal entre os grupos. O grupo que realizou a primeira avaliação apresentou menores valores de assimetria de força muscular concêntrica e excêntrica e de força de impacto em relação às assimetrias do segundo e terceiro grupo. Os atletas que participaram da parte longitudinal do estudo apresentaram importantes assimetrias de força muscular e de impacto, sendo agravados ao retorno de férias. Conclusões: Foram detectadas assimetrias durante a temporada, sendo que o grupo que apresentou menores assimetrias foi o que apresentou maior incidência de lesões. Nos atletas que concluíram as três avaliações, houve assimetria, principalmente após o período de férias.
URI: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/47824
Other Identifiers: https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=516704
Appears in Collections:Dissertação de mestrado

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.