Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4546
Title: Reflexo da deglutição: análise sobre eficiência de diferentes estímulos em jovens sadios
Other Titles: Swallowing reflex: analysis of the efficiency of different stimuli on healthy young individuals
Authors: Pereira, Nayara A. Vasconcelos [UNIFESP]
Motta, Andréa Rodrigues [UNIFESP]
Vicente, Laélia Cristina C. [UNIFESP]
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Hospital Dia e Maternidade Unimed
Keywords: Deglutition Disorders
Deglutition
Physiology
Reflex
Transtornos da Deglutição
Deglutição
Fisiologia
Reflexo
Issue Date: 1-Sep-2008
Publisher: Pró-Fono Produtos Especializados para Fonoaudiologia Ltda.
Citation: Pró-Fono Revista de Atualização Científica. Pró-Fono Produtos Especializados para Fonoaudiologia Ltda., v. 20, n. 3, p. 159-164, 2008.
Abstract: BACKGROUND: the absence or delay of the swallowing reflex is considered a significant sign of dysphagia. Therefore, the therapy traditionally applied to these cases consists in increasing the intra-oral input through cold touches (0 or 00 larynx mirror) on the inferior portion of the inferior third of the palatoglossus arch. AIM: to identify in healthy young individuals which oropharyngeal regions are more sensitive and which stimulus is more efficient in triggering the swallowing reflex. METHODS: the swallowing reflex was analyzed based on the following stimuli: spatula, cold 00 larynx mirror, gauze embedded in cold water wrapped onto spatula and frozen moist gauze wrapped onto spatula; touching the palatoglossus arch in both its inferior and superior portions, the palatine tonsils, the base of the tongue and the uvula in 65 healthy young individuals. RESULTS: the swallowing reflex was not triggered in most of the participants when touching different oropharyngeal regions with different stimuli. This result was statistically significant. When present, the most efficient stimuli were cold 00 larynx mirror (28.6%) and frozen moist gauze wrapped onto spatula (27.3%). Concerning the oropharynx, the uvula (29.6%), the palatine tonsils (26.7%), the superior (25%) and inferior (21.2%) palatoglossi arches and the base of tongue (25%) were most sensitive to the applied stimuli. CONCLUSION: when the swallowing reflex was present, the uvula, the palatoglossi arches and the palatine tonsils were the most sensitive regions to trigger this reflex, and the most efficient stimuli to trigger swallowing were the cold 00 larynx mirror and the frozen moist gauze wrapped onto spatula.
TEMA: a ausência ou atraso do reflexo da deglutição é considerado um sinal significativo de disfagia. Assim, a terapia tradicionalmente empregada nesses casos consiste em aumentar o input intra-oral por meio de toques gelados (espelho laríngeo 0 ou 00) no terço inferior do arco palatoglosso, porção inferior. OBJETIVOS: identificar, em indivíduos jovens e sadios, quais regiões da orofaringe são mais sensíveis para desencadear o reflexo da deglutição e qual estímulo é mais eficiente. MÉTODO: O reflexo da deglutição foi investigado a partir dos estímulos: espátula, espelho laríngeo 00 gelado, espátula envolta em gaze com água gelada e espátula envolta em gaze umedecida congelada, tocando-se o arco palatoglosso em suas porções inferior e superior, as tonsilas palatinas, a base de língua e a úvula em 65 indivíduos jovens e sadios. RESULTADOS: o reflexo da deglutição não foi desencadeado na maioria dos participantes quando tocado com diferentes estímulos e locais da orofaringe, sendo esta estatisticamente significante. Quando presente, os estímulos mais eficientes foram o espelho laríngeo 00 (28,6%) e a espátula envolta com gaze congelada (27,3%). Quanto à região da orofaringe, a úvula (29,6%), as tonsilas palatinas (26,7%), os arcos palatoglossos região superior (25%) e inferior (21,2%) e base de língua (25%) foram sensíveis aos estímulos. CONCLUSÃO: quando presente o reflexo da deglutição, a úvula, os arcos palatoglossos e as tonsilas palatinas foram as regiões mais sensíveis para desencadeá-lo e o estímulo mais eficiente, dentre os selecionados, foram o espelho laríngeo gelado e a espátula envolta em gaze umedecida congelada.
URI: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4546
ISSN: 0104-5687
Other Identifiers: http://dx.doi.org/10.1590/S0104-56872008000300004
Appears in Collections:Artigo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S0104-56872008000300004.pdf82.73 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.