Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3956
Title: Avaliação do uso de colírio no paciente portador de glaucoma
Other Titles: Evaluation of the use of eye drops in patients with glaucoma
Authors: Lisboa, Renato Dichetti dos Reis [UNIFESP]
Picosse, Fabíola Rosa [UNIFESP]
Mello, Paulo Augusto de Arruda [UNIFESP]
Paranhos Junior, Augusto [UNIFESP]
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Keywords: Glaucoma
Drug utilization
Instillation, drug
Glaucoma
Uso de medicamentos
Instilação de medicamentos
Issue Date: 1-Oct-2007
Publisher: Sociedade Brasileira de Oftalmologia
Citation: Revista Brasileira de Oftalmologia. Sociedade Brasileira de Oftalmologia, v. 66, n. 5, p. 327-331, 2007.
Abstract: PURPOSE:To identify the most important variables interfering with the correct topical administration of antiglaucomatous drugs. METHODS: Forty glaucomatous patients under clinical treatment were interviewed and observed while applying antiglaucomatous drugs. The following variables were analyzed: sex; age; income; washing of the hands; number of drops; motor abnormalities; availability of another person to apply the drug; place of the globe reached; bottle-eye contact; previous instruction; positioning for application; development of a burning sensation, pain or irritation. Using the questionary, the variables were correlated with the quality of instillation. RESULTS: Among all variables, only the availability of another person to apply the drug and the existence of a burning sensation, pain or eye irritation showed statistically important correlation to proper instillation. CONCLUSION: The presence of a companion and the development of burning sensation affected the quality of instillation.
OBJETIVO: Identificação das principais variáveis que interferem na qualidade de instilação correta de colírio antiglaucomatoso. MÉTODOS: Realizou-se estudo transversal em 40 pacientes glaucomatosos sob tratamento clínico com uso de colírio, aplicando-se um questionário e realizando-se observações quanto à instilação. Foram investigadas as seguintes variáveis: sexo; escolaridade; idade; condições sócioeconômicas; lavagem das mãos; número de gotas por aplicação; alteração motora; pessoa que aplica o colírio; local da aplicação; contato do frasco com as pálpebras, a conjuntiva e a córnea; instrução pregressa; posição de aplicação; ardor, dor ou irritação ocular após a aplicação e acuidade visual. A partir do questionário e das observações, as variáveis citadas foram correlacionadas com a qualidade de instilação. O modelo de análise foi a regressão logística binária. RESULTADOS: Dentre todas as variáveis em questão, apenas a pessoa que aplica o colírio e a sensação de ardor, dor ou irritação ocular mostraram-se estatisticamente significativas para uma adequada instilação de colírio. CONCLUSÃO: A presença de um acompanhante e o ardor à instilação do colírio influenciaram significativamente na qualidade de instilação do mesmo.
URI: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3956
ISSN: 0034-7280
Other Identifiers: http://dx.doi.org/10.1590/S0034-72802007000500007
Appears in Collections:Artigo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S0034-72802007000500007.pdf133.03 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.