Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3341
Title: Quality of life related to surgical treatment in patients with temporal lobe epilepsy due to mesial temporal sclerosis
Other Titles: Qualidade de vida após o procedimento cirúrgico em pacientes com epilepsia do lobo temporal com esclerose hipocampal
Authors: Alonso, Neide Barreira [UNIFESP]
Silva, Tatiana Indelicato Da [UNIFESP]
Westphal-guitti, Ana Carolina [UNIFESP]
Azevedo, Auro Mauro [UNIFESP]
Caboclo, Luís Otávio Sales Ferreira [UNIFESP]
Sakamoto, Américo Ceiki [UNIFESP]
Yacubian, Elza Márcia Targas [UNIFESP]
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Keywords: temporal lobe epilepsy
surgical treatment
quality of life
Epilepsy Surgery Inventory (ESI-55)
epilepsia do lobo temporal
tratamento cirúrgico
Epilepsy Surgery Inventory (ESI-55)
qualidade de vida
Issue Date: 1-Dec-2006
Publisher: Liga Brasileira de Epilepsia (LBE)
Citation: Journal of Epilepsy and Clinical Neurophysiology. Liga Brasileira de Epilepsia (LBE), v. 12, n. 4, p. 233-241, 2006.
Abstract: INTRODUCTION: Surgery is widely accepted as a modality of treatment for medically intractable seizures and the main goals of surgery as reduction or elimination of seizures without significant compromise in neurological function and improving QOL. PURPOSE: To assess QOL pre- and post-surgery in a sample of patients with temporal lobe epilepsy (TLE) due to mesial temporal sclerosis (MTS). METHODS: Thirty-five consenting subjects who had undergone corticoamygdalo-hipocampetomy were included in this study. They answered the ESI-55 before and six months after surgical treatment. Analyses of Variance (ANOVA) was used to study the changes in QOL and we also determined the effect-size of the sample. RESULTS: After surgical treatment 18 (51%) subjects were seizure free, 10 (29%) had only auras and seven (20%) had partial seizures. The post-operative mean scores were higher than pre-operative scores, except for Cognitive Function and Limitation due to Cognitive Problems in the group with seizures. A significant improvement in QOL post-surgery was observed in the domains Health-Perception (1.24), Emotional-Well-being (1.32) and Energy/Fatigue (1.43). CONCLUSION: A long-term follow-up is necessary to identify meanigful changes after the surgery.
INTRODUÇÃO: A possibilidade cirúrgica é amplamente reconhecida como uma modalidade de tratamento no caso da presença de crises epilépticas refratárias à terapêutica medicamentosa. O objetivo maior da cirurgia é a redução ou eliminação completa das crises, sem comprometer significativamente o funcionamento cognitivo, além de melhorar a qualidade de vida (QV). OBJETIVO: Avaliar a QV em uma amostra de indivíduos com epilepsia do lobo temporal com esclerose do hipocampo antes e seis meses após o procedimento cirúrgico. METODOLOGIA: Trinta e cinco pacientes submetidos à corticoamigdalo-hipocampectomia e que consentiram em participar do estudo submetido e aprovado pelo Comitê de Etica da UNIFESP fizeram parte desta série. O ESI-55 foi respondido antes e seis meses após o procedimento cirúrgico. A análise estatística constou da análise da variância (ANOVA) e do efeito de tamanho da amostra para determinar as mudanças ocorridas na qualidade de vida após a intervenção cirúrgica. RESULTADOS: Seis meses após o tratamento cirúrgico 18 (51%) pacientes ficaram sem crises, 10 (29%) tiveram auras esporádicas e sete (20%) continuaram apresentando crises pouco freqüentes. A média dos escores do ESI-55 foi maior nos três grupos (sem crises, auras e crises), em todos os domínios após a cirurgia, com exceção das subescalas Funcionamento Cognitivo e Limitação por Problemas Cognitivos no grupo com crises. Uma melhora estatísticamente significante após a cirurgia foi observada nos domínios Estado Geral de Saúde (1.24), Bem-estar Emocional (1.32) e Energia/Fadiga (1.43). Conclusão: Embora aos seis meses já sejam verificadas algumas mudanças na qualidade de vida, avaliações periódicas anuais são fundamentais para o entendimento da extensão das modificações na QV após a cirurgia.
URI: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3341
ISSN: 1676-2649
Other Identifiers: http://dx.doi.org/10.1590/S1676-26492006000700009
Appears in Collections:Artigo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S1676-26492006000700009.pdf216.64 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.