Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23623
Title: Efeitos dos inibidores isolados de Bauhinia bauhinoides na isquemia e reperfusao (fase inicial)
Other Titles: Effects of Bauhinia bauhinoides inhibitors in ischemia and reperfusion(early phase): biochemical and histological analysis
Authors: Oliveira, Giselle Nunes de [UNIFESP]
Keywords: Isquemia
Reperfusão
Inibidores de Serino Proteinase
Óxido Nítrico
Bauhinia
Issue Date: 2006
Publisher: Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Citation: São Paulo: [s.n.], 2006. 72 p.
Abstract: A isquemia e reperfusao dos orgaos leva a uma resposta inflamatoria aguda que nao afeta apenas o orgao alvo, mas tambem leva a lesoes em orgaos a distancia. Nesse processo ha participacao de radicais livres, mediadores inflamatorios, infiltracao leucocitaria, peroxidacao fosfolipidica. Na isquemia, o NO protege o tecido devido a sua propriedade vasodilatadora; na reperfusao, o NO pode reagir com superoxidos e formar radical peraxinitrito, um importante causador da lipoperoxidacao de membranas. Utilizamos neste trabalho 42 ratos Wistar divididos em sete grupos de seis animais cada um. Grupos: Normal, Sham, Isquemia, Controle, BbKl, BbCl, Aprotinina. Os ratos do grupo Normal foram anestesiados e submetidos a eutanasia por decapitacao. Os do grupo Sham foram submetidos ao pracedimento cirurgico sem ligadura da Aorta, e o restante dos animais submetidos a periodo de isquemia de quatro horas, (grupo Isquemia) e Isquemia e Reperfusao (45 minutos), com utilizacao de SF 0,9 por cento (grupo Controle) ou inibidores (grupos: BbKl, BbCl e Aprotinina). Analisou-se a acao dos inibidores de serinoprateinases extraido de plantas (BbKl e BbCl) na protecao de tecidos comparando os resultados com inibidor de calicreina plasmatica a aprotinina e com soro fisiologico 0,9 por cento. 0 NO foi determinado no musculo isquemico, pulmao, figado e soro e foi realizada a analise histologica dos orgaos. Os resultados mostraram que, no musculo, o grupo de animais tratados com 0 BbCl, inibidor de cisteinoprateinases cruzipaina e cruzaina L e as serinoproteinases HLE (elastase humana de neutrofilos) e PPE (elastase pancreatica porcina), apresentou uma diminuicao na concentracao de NO de 11,19 por cento, quando comparado ao grupo controle, enquanto que no grupo BbKl, inibidor de tripsina, plasmina e calicreinas, nao houve alteracoes estatisticamente significantes. No figado, a concentracao de NO do grupo BbKl e 40,7 por cento menor que a do grupo Controle. Nenhuma alteracao significante foi observada no plasma desses animais. Por outra lado, no pulmao houve um aumento de 28,22 por cento na concentracao de NO no grupo BbKl e diminuicao na concentracao de NO de 35,47 por cento no grupo BbCl. A analise histologica dos orgaos mostrou alteracoes apenas no pulmao; o grupo Controle apresentou maior neutrofilia no parenquima pulmonar, quando comparado com os grupos BbKl e BbCl. A dosagem da AST mostrou que os inibidores apresentam funcao citoprotetora. Desta forma, os inibidores de origem vegetal, alem de interferirem na liberacao de NO, protegem as tecidos no processo de reperfusao
URI: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23623
Appears in Collections:Em verificação - Dissertações e teses

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.