Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23141
Title: Expressão de microRNAs em linfoma difuso de grandes.
Other Titles: Proposal of microRNA signature profile in EBV+ diffuse large Bcell lymphoma of the elderly and potential therapeutic targets
Authors: Colleoni, Gisele Wally Braga [UNIFESP]
Andrade, Tathiana Azevedo de [UNIFESP]
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Keywords: Humanos
Meia-Idade
Linfoma não Hodgkin
Herpesvirus Humano 4
MicroRNAs
Idoso
Issue Date: 2013
Publisher: Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Citation: ANDRADE, Tathiana Azevedo de. Expressão de microRNAs em Linfoma Difuso de Grandes Células B do idoso Epstein-Barr positivo: proposta de um perfil de assinatura gênica e potenciais alvos terapêuticos. 2013. 164 f. Tese (Doutorado em Ciências) – Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, 2013.
Abstract: Introdução: O linfoma difuso de grandes celulas B do idoso Epstein-Barr positivo (EBV+DLBCLe) afeta individuos com mais de 50 anos sem imunodefiCiência previa documentada, e apresenta evolucao clinica desfavoravel. Atualmente nao existe um padrao caracteristico da expressao de microRNAs (miRNAs) nesta doenca. Portanto, este estudo tem por objetivo caracterizar um perfil de assinatura para esta nova entidade e explorar miRNAs como biomarcadores e potenciais alvos terapeuticos alternativos para EBV+DLBCLe. Metodos: Setenta e um pacientes com mais de 50 anos e diagnostico de LDGCB foram considerados potenciais candidatos a serem EBV+DLBCLe. A deteccao do EBV (EBER-1) foi realizada por hibridacao in situ. Quatro amostras EBV+ e quatro amostras EBV negativas foram analisadas atraves de PCR quantitativo em tempo real (qPCR). O RNA foi extraido a partir de blocos de parafina e o cDNA inserido em duas plataformas contendo, cada uma, 384 miRNAs humanos. Consideramos miRNAs diferencialmente expressos aqueles que apresentaram expressao com valor acima ou abaixo de 1,5. Resultados: 8,5% dos pacientes com LDGCB foram considerados EBV positivos. A sobrevida global dos pacientes com EBV+DLBCLe foi inferior a dos pacientes EBV negativos (p= 0,0201, teste Log-rank). Foram encontrados 10 miRNAs diferencialmente expressos entre os dois grupos, mas apenas sete alcancaram diferencas estatisticamente significantes a serem validadas em uma coorte multicentrica (29 EBV + DLBCLe versus 65 LDGCB). Confirmamos o aumento de expressao de hsa-miR-126, hsa-miR-146a, hsa-miR-146b, hsa-miR-150 e hsa-miR-222, e tambem a diminuicao de expressao de hsa-miR-151 nos casos EBV+DLBCLe quando casos EBV+ foram comparados com EBV negativos. Utilizando o cutoff de 1,5, o hsa-miR-146b mostrou especificidade de 91,4 %, para identificar os casos EBV+, AUC = 0,8849. Embora o hsa-miR-222 tenha presentado aumento de expressao em menos de 1/3 dos casos, tambem mostrou alta especificidade (98,5%) e valor preditivo positivo (90%), AUC = 0,8180, no grupo EBV + quando comparado com o grupo EBV negativo, com o mesmo cutoff. Conclusoes: O merito do presente estudo foi propor uma assinatura de miRNA para uma doenca recentemente descrita e destacar o hsa-miR-146b e hsa-miR-222 como possiveis biomarcadores e alvos terapeuticos para EBV+DLBCLe. Antagomirs para hsa-miR-146b e hsa-miR-222 (este ultimo em teste em alguns tipos de cancer) tambem poderiam ser utilizados como terapia adjuvante ao R-CHOP nos casos de EBV+DLBCLe, nos quais confirmamos pior prognostico
URI: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23141
Appears in Collections:Tese de doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese-14295.pdf5.49 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.