Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23051
Title: Avaliação do processamento auditivo em indíviduos com perda auditiva neurossensorial de grau leve a moderado
Other Titles: Behavioral Auditory Processing Evaluation in individuals with mild and moderate sensorineural hearing loss
Authors: Gil, Daniela [UNIFESP]
Andrade, Adriana Neves de [UNIFESP]
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Keywords: Adolescente
Adulto
Meia-Idade
Humanos
Transtornos da audição
Perda auditiva neurossensorial
Testes auditivos
Questionários
Avaliação
Issue Date: 2014
Publisher: Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Citation: ANDRADE, Adriana Neves. Avaliação comportamental do processamento auditivo em indivíduos com perda auditiva neurossensorial de grau leve a moderado. 2014. 187 f. Tese (Doutorado em Ciências) – Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, 2014.
Abstract: Objetivos: Caracterizar e comparar o desempenho de sujeitos com perda auditiva neurossensorial (PANS) de grau leve a moderado nos testes auditivos comportamentais para avaliar o processamento auditivo e nos questionarios genericos de qualidade de vida e especificos para a audicao. Metodos: Participaram do estudo 19 individuos com PANS de grau leve a moderado bilateral simetrica, na faixa etaria entre 16 e 59 anos de idade, preferencia manual direita, de ambos os generos. Os sujeitos foram submetidos as seguintes avaliacoes: dominancia lateral, avaliacao audiologica (audiometria tonal, logoaudiometria, imitanciometria, potencial evocado auditivo de tronco encefalico), testes auditivos comportamentais para avaliar o processamento auditivo (localizacao sonora, memoria verbal e nao verbal em sequencia, reconhecimento de fala, fala com ruido branco, dicotico de digitos, padrao de frequencia e duracao, identificacao de sentencas sinteticas e dicoticas e identificacao de intervalos aleatorios) bateria breve de rastreio cognitivo, alem dos questionarios de autoavaliacao SF-36, APHAB e HHIA. Para a analise dos resultados foram utilizadas medidas descritivas e analise inferencial (t-Student, teste Wilcoxon, t-pareado, entre outros) com nivel de significancia de 0,05. Resultados: Os individuos com PANS apresentaram reduzido desempenho nos testes auditivos comportamentais para avaliar o processamento auditivo quando comparados aos criterios de referencia estabelecidos para normouvintes. Os melhores resultados foram observados no teste memoria para sons nao verbais e no teste de identificacao de sentencas dicoticas, no qual 70% ou mais de individuos apresentaram resultados compativeis com a normalidade. A analise dos questionarios revelou prejuizo no dominio de vitalidade e escala de ruido ambiental, para os questionarios SF36 e APHAB, respectivamente, com severa percepcao de restricao de participacao em atividades de vida diaria, analisada pelo HHIA. Conclusoes: Individuos com PANS apresentam reduzido desempenho na maioria dos testes auditivos comportamentais para avaliar o processamento auditivo disponiveis para a aplicacao nessa populacao, sendo que a orelha direita apresentou melhor desempenho do que a esquerda para o teste DSI. Os individuos com PANS de grau leve a moderado apresentaram autopercepcao de reducao de vitalidade, dificuldades com ruido ambiental e severa percepcao de restricao de participacao em atividades de vida diaria.
URI: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23051
Appears in Collections:Tese de doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese-14258.pdf1.63 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.