Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22922
Title: Equilíbrio corporal em pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica e suas relações com as atividades da vida diária
Other Titles: Balance postural control in COPD patients and their relationship with activities of daily living
Authors: Jardim, José Roberto [UNIFESP]
Porto, Elias Ferreira [UNIFESP]
Keywords: Atividades cotidianas
Equilíbrio postural
Acidentes por quedas
Doença pulmonar obstrutiva crônica
Força muscular
Issue Date: 2013
Publisher: Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Citation: São Paulo: [s.n.], 2013. 133 p.
Abstract: Pacientes com doenca pulmonar obstrutiva cronica (DPOC) podem apresentar deficits no equilibrio corporal, consequentemente maior risco de queda. E possivel que a alteracao do equilibrio corporal em pacientes com DPOC afete a realizacao das suas atividades da vida diaria (AVD). Objetivos - Avaliar se ocorre alteracao do equilibrio corporal em pacientes com DPOC durante a realizacao das atividades da vida diaria,(AVD) e avaliar os fatores relacionados a alteracao do equilibrio. Metodos - Os pacientes responderam a cinco questionarios: Questionario Dizziness Handicap inventory (DHI) que tem por finalidade observar o impacto da tontura na qualidade de vida; COPD Assessment Test (CAT); que avalia a qualidade de vida dos pacientes com DPOC; Escala de ansiedade e depressao (HAD); Questionario especifico de fadiga muscular (Escalas de Chalder) e o questionario sobre risco de quedas. O equilibrio foi avaliado por meio dos seguintes testes: Escala de Equilibrio de Berg, Teste Time UP and GO (TUG), Teste do Alcance Funcional (TAF), Avaliacao da Marcha e Equilibrio Orientada pelo Desempenho de POMA, Posturografia computadorizada (PDC), e a presenca de alteracoes do sistema vestibular por meio da vectonistagmografia. Resultados - Foram avaliados 154 individuos sendo 105 com DPOC e 44 individuos controle, destes 12 pacientes com DPOC e cinco do grupo controle foram excluidos por nao completarem as avaliacoes. a media da idade foi de 67,3±10,8 e 65,1±9,7 anos, DPOC e controle respectivamente. A alteracao do equilibrio corporal foi maior entre os individuos com DPOC (p=0,0005); pacientes com maior alteracao de equilibrio tem maior ocorrencia de quedas; o equilibrio corporal foi mais afetado com a idade mais avancada em pacientes com DPOC do que nos individuos controle; a alteracao do equilibrio corporal se correlacionou com a forca muscular (r=0,48), com VEF1 (r=0,31) e com idade (r=0,39). A destreza, a flexibilidade, a fadiga muscular e o historico positivo de quedas previas foram os fatores determinantes para a alteracao do equilibrio corporal em pacientes com DPOC. Conclusao u A alteracao do equilibrio corporal esta mais presente em pacientes com DPOC do que nos individuos controle, e compromete a realizacao de AVD. Palavras chave: DPOC; Equilibrio corporal; Forca muscular; Quedas; Atividades da vida diaria.
URI: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22922
Appears in Collections:Em verificação - Dissertações e teses

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.