Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22590
Title: Efeito da hipóxia e da reoxigenação no cálcio intracelular em células mesangiais em cultura
Other Titles: Effect of the hypoxia and the reoxigenation intracellular calcium in mesangial cells in culture: Papers of modulators
Authors: Boim, Mirian Aparecida [UNIFESP]
Razvickas, Clara Versolato [UNIFESP]
Keywords: Células mesangiais
Proteínas sensoras de cálcio intracelular
Anóxia
Óxido nítrico
Issue Date: 2010
Publisher: Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Citation: São Paulo: [s.n.], 2010. 88 p.
Abstract: Alteracoes funcionais da celula mesangial podem ter papel relevante na Lesao Renal Aguda (LRA) por isquemia e reperfusao. Neste trabalho avaliamos a resposta de celulas mesangiais imortalizadas (CMI) a hipoxia/reperfusao (H/R) atraves do efeito da angiotensina II (AII) sobre a concentracao de calcio intracelular [Ca+2]i. Os grupos experimentais analisados foram: Hipoxia gasosa (HG,95% N2/5%CO2) por 30 minutos (HG30), HG por 30 minutos e reoxigenacao por 30 minutos (HGR30) ou por 24 horas (HGR24). A [Ca+2]i foi avaliada por espectrofluorimetria (FURA- 2AM), antes e apos a adicao de AII. A H/R induziu aumento significante na concentracao basal de [Ca+2]i. Nas celulas controle a adicao de AII induziu aumento de 97±9% na [Ca+2]i. Essa resposta foi atenuada nos grupos HG30 e HGR30 sendo significante no grupo HGR24. Esses resultados sugerem que a resposta a AII permaneceu relativamente bem preservada na fase inicial da reoxigenacao, porem apresentou-se reduzida apos 24 horas, sugerindo defiCiência na contracao celular, ou ativacao de mecanismos que minimizam os efeitos do AII sobre a elevacao da [Ca+2]i. Avaliamos entao a participacao de substancias vasodiladatoras nessa resposta, incluindo o oxido nitrico (NO), a prostaglandina (PGE2) e dos canais para K+ sensiveis ao ATP (KATP) uma vez que a ativacao dos KATP pela deplecao de ATP intracelular resulta em relaxamento da celula. Os KATP foram inibidos pela administracao de 5μM de glibenclamida. A estimativa da concentracao de NO foi feita no aparelho NO analyzer e a producao de PGE2 por Elisa. A producao de PGE2 nao foi modificada pela H/R. A HG e a reoxigenacao por 30 minutos nao modificaram a producao de NO nas CMI quando comparado as condicoes de normoxia. Entretanto, houve aumento na sintese de NO no grupo HGR24, sugerindo papel do NO na resposta atenuada da CM a AII. A glibenclamida causou elevacao na [Ca+2]i basal indicando que os KATP estao ativos nas CMI. O efeito da AII foi potencializado pela glibenclamida somente no grupo HG, sugerindo que a diminuicao do ATP induziu estimulo ao KATP. Em conclusao, esses resultados sugerem que o modelo de hipoxia/reoxigenacao utilizado neste estudo causou danos subletais as CMI caracterizados por elevacao na [Ca+2]i e reducao na resposta funcional a angiotensina II apos 24 h de reoxigenacao. Os potenciais mediadores destas respostas incluem a ativacao dos KATP durante a hipoxia e o oxido nitrico durante a reoxigenacao
URI: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22590
Appears in Collections:Em verificação - Dissertações e teses

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.