Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22146
Title: Adaptação e correlação entre instrumentos neuropsicológicos para avaliação e acompanhamento da doença de Alzheimer em fases avançadas
Other Titles: Correlation and adaptation between assessment and follow up neuropsychological instruments for advanced stages of Alzheimer`s disease
Authors: Bertolucci, Paulo Henrique Ferreira [UNIFESP]
Wajman, José Roberto [UNIFESP]
Keywords: Humanos
Idoso
Envelhecimento
Demência
Doença de Alzheimer
Índice de gravidade de doença
Neuropsicologia
Testes neuropsicológicos
Atividades cotidianas
Humans
Aged
Aging
Dementia
Alzheimer disease
Severity of Illness Index
Neuropsychology
Neuropsychological tests
Activities of daily living
Issue Date: 2012
Publisher: Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Citation: São Paulo: [s.n.], 2012. 113 p.
Abstract: Objetivo: foi objetivo principal deste projeto o estudo da correlacao entre instrumentos especificos para avaliacao de pacientes com demencia da doenca de Alzheimer em fases avancadas no que diz respeito a sua cognicao objetivamente ponderada e aspectos da capacidade funcional. Metodos: foram utilizadas nesta pesquisa as escalas CDR (Clinical for Dementia Rating), FAST (Functional Assessment Scale), BANS (Bedford Alzheimer Nursing Severity Scale), MMSE (Mini-Mental State Exame), MMSE-G (Mini-Mental State Exame-Grave), SIB-8 (Severe Impairment Battery) e TSI (Test for Severe impairment) para comparacao com uma escala ecologica que serviu como padraoouro, a PADL (Performance Activities of Daily Living). Como proposta estatistica foram aplicadas analises descritivas, analise de Variancia (ANOVA), o Teste de Kruskal-Wallis para efeito de comparacao, alem de ter sido adotado nivel de significancia de 5% para as analises inferenciais. Resultados: foram incluidos 95 individuos acompanhados junto ao Setor de Neurologia do Comportamento do Hospital São Paulo - UNIFESP, sendo 33 (34,7%) do genero masculino e 62 (65,3%) do feminino. A idade media dos 95 individuos foi de 74,7 anos, variando de 60 a 89 anos, com desvio padrao de 6,2 anos. Em media, o tempo de escolaridade foi de 4,2 anos, variando de 3 a 8 anos, com desvio padrao de 1,5 anos. O tempo medio de doenca dos individuos foi de 7,3 anos, variando de 5 a 12 anos, com desvio padrao de 1,7 anos. Conclusoes: as evidencias encontradas sugerem uma correlacao linear crescente e estatisticamente significante entre a PADL e os instrumentos MEEM-G, SIB-8 e TSI. Houve, ainda, relacao estatisticamente significante entre os resultados alcancados na escala PADL uma vez comparada com o MEEM-G, a SIB-8 e a TSI e a fase da doenca em que os pacientes se encontravam, na medida em que quanto mais prejudicados foram seus desempenhos nesses tres testes, maior o indice de progressao da doenca na escala funcional FAST e em suas subdivisoes. Estes resultados indicam que para populacoes com estas caracteristicas escalas especificas para demencia grave sao uteis na avaliacao mais acurada do estagio da doenca e sua progressao
URI: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22146
Appears in Collections:Em verificação - Dissertações e teses

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.