Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/20550
Title: Participação do grupamento noradrenérgico A1 nas respostas cardiovasculares e comportamentais induzidas por alterações do volume ou da composição do compartimento extracelular
Other Titles: Role for A1 noradrenergic neurons in cardiovascular and behavioral responses induced by acute changes in circulating volume and composition
Authors: Cravo, Sergio Luiz [UNIFESP]
Pedrino, Gustavo Rodrigues [UNIFESP]
Keywords: Circulação renal
Sódio
Terceiro ventrículo
Issue Date: 2005
Publisher: Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Citation: São Paulo: [s.n.], 2005. 148 p.
Abstract: A integridade celular depende essencialmente da manutenção da composição e do volume do compartimento extracelular dentro de uma faixa de variação restrita. Alterações do volume e/ou da composição do compartimento extracelular são detectadas pelo sistema nervoso central (SNC) através de sinal provenientes principalmente dos osmoreceptores centrais e periféricos, dos baroceptores e dos receptores cardiopulmonares. Uma vez ativado, o SNC modula respostas cardiovasculares, endócrinas, renais e comportamentais específicas, que visam restabelecer as condições volêmicas fisiológicas. Neste estudo, tivemos como objetivos determinar: 1. as vias centrais envolvidas nas respostas cardiovasculares induzidas por variações no volume e/ou na composição do compartimento extracelular; 2. as vias centrais envolvidas nas respostas comportamentais induzidas por variações no volume e/ou na composição do compartimento extracelular. Para tanto, ratos Wistar (280-350g) foram anestesiados com uretana (1 ,2 g/kg, iv.) após a indução com halotano (2 por cento em 02 100 por cento) e submetidos a três (3) diferentes manipulações centrais: 1. lesão da região AV3V; 2. bloqueio dos adrenoceptores a1 localizado no MePO ou; 3. a lesão especifica do grupamento noradrenérgico A1. Para o registro dos parâmetros cardiovasculares analisados, estes animais submetidos à canulação da veia jugular direita, artéria e veia femoral esquerdas para infusão de NaCI 3M (0,18m1/100g de massa corpórea) ou Ficoll 4 por cento (1 por cento da massa corpórea, na taxa de infusão de 0,4m1/min), registro de pressão arterial média (PAM) e infusão de anestésico, respectivamente. O fluxo sangüíneo renal (FSR) foi obtido por fluxometria ultra sônica e expresso como porcentagem do basal. A condutância vascular renal (CR) foi calculada como a razão FSR/PAM e expressa como porcentagem do basal. Os resultados obtidos demonstram que em …(au).
URI: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/20550
Appears in Collections:Em verificação - Dissertações e teses

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.