Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/19737
Title: Avaliação de fatores de risco para doença aterosclerótica em estudantes de um colégio particular de São Paulo
Other Titles: Evaluation of risk factors for atherosclerosis in students enrolled in a private school in the city of São Paulo
Authors: Lopez, Fábio Ancona [UNIFESP]
Schimith Escrivão, Maria Arlete Meil [UNIFESP]
Keywords: Fatores de risco
Aterosclerose
Adolescente
Issue Date: 2003
Publisher: Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Citation: São Paulo: [s.n.], 2003. 161 p.
Abstract: Objetivo: Avaliar fatores de risco para doenca aterosclerotica (obesidade, dislipidemias, dieta aterogenica, sedentarismo, antecedentes familiares de doenca cardiovascular precoce e dislipidemias) em adolescentes. Metodos: 316 estudantes (177 do sexo masculino e 139 do sexo feminino), na faixa etaria de 10 a 19anos e 11 meses, de um colegio particular da cidade de São Paulo foram classificados em subgrupos segundo o estagio de desenvolvimento puberal definido pelos criterios de Tanner. Realizou-se avaliacao antropometrica e o estado nutricional foi considerado de acordo com o indice de massa corporal. O consumo alimentar foi obtido por meio do inquerito do Dia Alimentar Habitual. Foram coletadas amostras de sangue, apos jejum de 12 horas, para dosagem do colesterol total e fracoes: HDL-C, LDL-C, VLDL-C e triglicerides. Atividade fisica e antecedentes familiares de doenca cardiovascular precoce e dislipidemias foram investigados, utilizando-se interrogatorio previamente padronizado. Testes usados na analise estatistica: analise de variancia, teste t, teste do quiquadrado e modelos de regressao logistica multipla. Resultados: 5.7 por cento dos adolescentes apresentavam baixo peso, 69.3 por cento eutrofia, 16.1 por cento sobrepeso e 8.9 obesidade. No sexo feminino, as prevalencias de sobrepeso (13 por cento) e obesidade (5.8 por cento) foram mais baixas do que as encontradas para sobrepeso (18.6 por cento) e obesidade (11.3 por cento) , no sexo masculino. Os maiores percentuais de sobrepeso e obesidade ocorreram no estagio puberal 2. Decrescimos de 8.62 mg/dl, 6.22 mg/dl, 2.22mg/dl, respectivamente, para o colesterol total, LDL-C,HDL-C foram verificados para cada estagio crescente do desenvolvimento puberal. O estagio puberal 2 mostrou valores mais elevados de VLDL-C e triglicerides. As meninas puberes apresentaram niveis significantemente mais altos de VLDL-C e triglicerides do que os meninos puberes. Os percentuais de valores alterados do perfil lipidico foram: colesterol total:29 por cento; LDLC:25 por cento; HDL-C: 9 por cento ; VLDL-C: 13.3 por cento ; triglicerides: 10 por cento. Para os triglicerides, o estagio 2 de Tanner aumentava 5.35 vezes a chance de alteracoes; sobrepeso e obesidade aumentavam 3.08 e 6.17 vezes, respectivamente; antecedentes de doenca cardiovascular precoce aumentavam 2.21 vezes. Para o LDL-C, antecedentes familiares de dislipidemias nos pais e em outros parentes de primeiro grau aumentavam 2.40 e 2.12, respectivamente, a chance de alteracoes; frequencia de atividade fisica menor do que 4 vezes por semana aumentava 1.78 vez. Para o HDL uCa(au)
URI: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/19737
Appears in Collections:Em verificação - Dissertações e teses

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.