Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18708
Title: Efeitos da estimulação neonatal e da separação materna na arquitetura do sono basal e após o estresse de frio em ratos adultos
Other Titles: Effects of early handling and maternal separation on baseline and cold stress-induced sleep pattern in adult rats
Authors: Suchecki, Deborah [UNIFESP]
Tiba, Paula Ayako [UNIFESP]
Keywords: Estresse Fisiológico
Sono
Privação Materna
Stress, Physiological
Sleep
Maternal Deprivation
Issue Date: 2004
Publisher: Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Citation: São Paulo: [s.n.], 2004. 66 p.
Abstract: Eventos adversos na infancia resultam em alteracao da resposta do eixo hipotalamohipofise-adrenal ao estresse. O impacto de niveis elevados de ACTH e corticosterona no sono e bem conhecidos. O presente estudo procurou avaliar o padrao de sono basal e apos o estresse de frio em animais submetidos a estimulacao neonatal (15 mm/dia separados da mae) e a separacao materna (180 min/dia distantes da mae), comparados aos animais controle nao manipulados. As manipulacoes foram realizadas entre os dias 2 e 14 de vida, e o padrao de sono foi avaliado nos animais machos adultos. Apos a recuperacao da cirurgia de implante de eletrodos no cortex cerebral e no musculo do pescoco, o sono basal dos animais foi registrado durante 22h (tendo inicio as 09:00 h). No dia seguinte, os ratos foram expostos ao estresse de frio (lh a 4°C) e o sono foi novamente registrado por outras 22h. Animais separados da mae apresentaram mais sono paradoxal na situacao basal, em comparacao com os grupos estimulacao neonatal e controle. Em resposta ao estresse de frio, todos os grupos apresentaram uma resposta hormonal semelhante, com picos de concentracao plasmatica imediatamente apos o termino da exposicao ao estressor. Da mesma forma, todos os grupos apresentaram rebote de sono durante o periodo escuro do ciclo claro-escuro. Estes resultados indicam que a separacao materna durante a infancia resulta em uma arquitetura distinta do sono basal, refletida por aumento de tempo despendido em sono paradoxal. As discrepancias entre os resultados encontrados neste trabalho e os descritos na literatura quanto a atividade do eixo hipotalamo-hipofise-adrenal sao discutidas em termos do impacto destas manipulacoes no comportamento materno voltado para os filhotes e das diferentes linhagens de ratos
URI: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/18708
Appears in Collections:Em verificação - Dissertações e teses

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.