Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1811
Title: Efeitos dos contraceptivos hormonais orais de baixa dosagem estrogênica nas taxas de folato intra-eritrocitário
Other Titles: Effects of low-dose oral hormonal contraceptive on intraerythrocytic folate levels
Authors: Paula, Túlio Bráulio Cantalice de [UNIFESP]
Moron, Antonio Fernandes [UNIFESP]
Guazzelli, Cristina Aparecida Falbo [UNIFESP]
Nonoyama, Kimyio
Salzone, Cristiani Martinez
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo Instituto Adolfo Lutz
Keywords: Contraceptives
Condom
Intraerythrocytic folate
Contracepção
Condom
Contraceptivos orais
Issue Date: 1-Aug-2003
Publisher: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia
Citation: Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia. Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia, v. 25, n. 7, p. 475-479, 2003.
Abstract: PURPOSE: to study the effects of low-dose oral hormonal contraceptives (OHC) (<30 mg of ethynylestradiol) on the intraerythrocytic folate levels. METHODS: this was a prospective transversal study with 95 patients treated in the Family Planning Clinic of UNIFESP (Federal University of São Paulo). The control group (Condom group) consisted of patients using condom as their exclusive contraceptive method during the last 12 months, and the study groups consisted of patients using low-dose oral hormonal contraceptives, in the following way: OHC 3 group (three to six months of use), OHC 6 group (six to twelve months of use) and OHC 12 group (more than twelve months of use). Intraerythrocytic folate was determined by the ionic capture method. Analysis of variance and c² test were used for statistical analysis. RESULTS: the Condom group showed a rate of 44% of patients with folate lower than 186.0 ng/mL and the users of low-dose oral contraceptives showed a rate of 32% (OHC 3 group), 16% (OHC 6 group) and 31% (OHC 12 group). We did not find in the group using low-dose oral contraceptives a significant reduction in the average level of intraerythrocytic folate compared to the control group and there was no statistically significant difference (p=0.28) regarding time of use. CONCLUSION: we observed reduced levels of intraerythrocytic folate in a significant number (44%) of patients not using low-dose oral hormonal contraceptives. Their rates were similar to the lower limit considered to be normal by most authors, which points to a basal folate deficiency in the studied group. We did not observe any alteration in the level of intraerythrocytic folate in patients using low-dose oral hormonal contraceptives.
OBJETIVO: identificar os efeitos do uso dos contraceptivos hormonais orais (ACHO) de baixa dosagem estrogênica (<30 mg de etinilestradiol) nas taxas intra-eritrocitárias de folatos. MÉTODOS: este foi estudo prospectivo transversal que incluiu 95 pacientes atendidas no Ambulatório de Planejamento Familiar da Escola Paulista de Medicina - UNIFESP. O grupo controle (grupo Condom) foi constituído por pacientes usuárias de condom como método contraceptivo exclusivo nos últimos doze meses e os grupos de estudo eram compostos por usuárias de ACHO de baixa dosagem agrupadas de acordo com o tempo de uso do método, quer seja, grupo ACHO 3 (três a seis meses de uso), grupo ACHO 6 (seis a doze meses de uso) e grupo ACHO 12 (mais de doze meses de uso). A dosagem de folatos intra-eritrocitários foi feita pelo método de captura iônica. A avaliação estatística dos resultados foi feita pela análise de variância e teste c². RESULTADOS: no grupo Condom observou-se que 44% das pacientes apresentaram níveis de folato intra-eritrocitárioreduzidos (<186,0 ng/mL), ao passo que nos grupos de usuárias de ACHO este índice foi de 32% (grupo ACHO 3), 16% (grupo ACHO 6) e 31% (grupo ACHO 12). Não se encontrou nos grupos de usuárias de ACHO de baixa dosagem estrogênica redução significativa na média das taxas de folato intra-eritrocitário em relação ao grupo controle, nem houve diferença dos resultados em função do tempo de uso do método. CONCLUSÕES: verificaram-se níveis reduzidos de folato intra-eritrocitário numa parcela significativa (44%) de pacientes não usuárias de ACHO, com valores próximos ao limite inferior do que é considerado normal pela maioria dos autores, traduzindo deficiência basal de folatos na população estudada. Não se observou influência do uso de ACHO de baixa dosagem estrogênica sobre as taxas de folato intra-eritrocitário.
URI: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1811
ISSN: 0100-7203
Other Identifiers: http://dx.doi.org/10.1590/S0100-72032003000700003
Appears in Collections:Artigo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S0100-72032003000700003.pdf332.03 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.