Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17958
Title: Pesquisa de etiologia viral em crianças portadoras de infecções respiratórias agudas(IRA) atendidas em um centro de Saúde em Belém, Pará
Other Titles: Viral etiology investigation in children with acute respiratory infection at a schooll health center in Belem, Pare: a prospective descriptive study
Authors: Rozov, Tatiana [UNIFESP]
Rodrigues, Orlando da Gama [UNIFESP]
Keywords: Infecções respiratórias
Vírus/isolamento & purificação
Técnica indireta de fluorescência para anticorpo
Lactente
Epidemiologia descritiva
Estudos prospectivos
Issue Date: 2002
Publisher: Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Citation: São Paulo: [s.n.], 2002. 105 p. ilustab.
Abstract: Objetivo: Realizar estudo prospectivo, no periodo de janeiro a dezembro de 2000, com avaliacao clinica e pesquisa de etiologia viral de criancas abaixo de 2 anos de idade, portadoras de IRA, com livre procura a um centro de Saúde escola, Belem, Para. Metodos: Foram avaliadas 101 amostras de secrecoes nasofaringeas de 101 pacientes com infeccao respiratoria aguda - 72,3 por cento portadores de doenca do trato respiratorio superior e 28,7 por cento com doenca do trato respiratorio inferior - atraves de imunofluorescencia indireta e cultura de virus. Resultados: Nas criancas investigadas foram detectados 24 casos (23,8 por cento) positivos para virus respiratorios, incluindo dois casos com associacao de virus, totalizando 27 (26,7 por cento) virus identificados. 0 VRS foi o principal virus detectado, seguido de Influenza A e Parainfluenza. 0 Adenovirus nao foi detectado. Dos virus identificados 87,5 por cento foram por imunofluorescencia indireta e 25 por cento por cultura. Nao houve diferenca estatisticamente significativa quanto aos parametros clinicos que pudessem diferenciar os dois grupos, com e sem isolamento viral. Houve maior porcentagem de identificacao viral, nos portadores de doenca do trato respiratorio inferior (37,9 por cento), em relacao aos portadores da doenca do trato respiratorio superior (18 por cento)(p<0,01). Conclusoes: A porcentagem de deteccao viral, nestes pacientes ambulatoriais, foi semelhante a de outras pesquisas com mesmo tipo de casuistica. Novos estudos sao necessarios, com maior abrangencia de virus (inclusive rinovirus), com utilizacao de testes imunologicos rapidos, para aumentar o entendimento das doencas respiratorias virais, para elucidar os aspectos clinicos da interacao de varios virus e para identificar precocemente os casos potencialmente graves
URI: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17958
Appears in Collections:Em verificação - Dissertações e teses

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.