Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17140
Title: Papel da cirurgia no tratamento do neuroblastoma
Other Titles: The role of surgery on treatment of neuroblastoma
Authors: Schettini, Sergio Tomaz [UNIFESP]
Abib, Simone de Campos Vieira [UNIFESP]
Keywords: Neuroblastoma
Cirurgia geral
Issue Date: 1998
Publisher: Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Citation: São Paulo: [s.n.], 1998. 117 p. tabgarf.
Abstract: Com o objetivo de avaliar o papel da cirurgia no diagnostico do neuroblastoma, o melhor procedimento cirurgico para trata-lo, as complicacoes resultantes do tratamento cirurgico e a influencia de fatos histologicos da biologia do tumor no resultado do tratamento cirurgico, estudamos 79 casos tratados na UNIFESP-EPM num periodo de I anos. Trinta e quatro (43,1 por cento) eram do sexo feminino e 45 (56,9 por cento) do masculino. Houve predominancia de pacientes do grupo etnico branco, numa relacao de 1,7:nao branco. O local predominante foi o abdominal (70,9 por cento) e os Estadios avancados corresponderam a 81 por cento da casuistica 40 pacientes (50,6 por cento) morreram e o tempo de SV medio foi de 30 meses. O sexo e a etnia nao influenciaram no resultado, assim como as complicacoes cirurgicas, e embora frequentes e graves, nao foram significantes estatisticamente na chance de sobrevida. Entretanto, tiveram influencia significante na sobrevida a idade (p = O,050), o local (p = O,O1, o estadio e o tipo de procedimento cirurgico (p = O,014), sendo a resseccao completa recomendada mesmo nos Estadios avancados. A resseccao pos-QT e mais segura nos estadios avancados (p = O,035). Foram revistas e reclassificadas histologicamente 32 casos, havendo relacao entre histologia e idade, localizacao, estadiamento, evolucao e tipo de procedimento cirurgico. Entretanto, nao foi possivel a analise estatistica. Recomendamos biopsia a ceu aberto. Concluimos que a cirurgia tem importante papel na coleta de material adequado e suficiente para diagnostico e avaliacao dos fatores prognosticos histologicos, imuno-histoquimico e de biologia molecular. A resseccao completa do tumor deve ser o objetivo da cirurgia, pois teve significancia estatistica no resultado. As complicacoes cirurgicas sao frequentes e provocam morbi-mortalidade. Entretanto, mesmo que ocorram, o impacto da resseccao completa na sobrevida justifica o risco das complicacoes. Ha relacao entre histologia, fatores prognosticos e evolucao
URI: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17140
Appears in Collections:Em verificação - Dissertações e teses

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.