Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17131
Title: Excreção de metano no ar expirado por crianças com constipação crônica funcional
Other Titles: Breath methane excretion in children with chronic constipation
Authors: Morais, Mauro Batista de [UNIFESP]
Soares, Ana Cristina Fontenele [UNIFESP]
Keywords: Metano
Constipação Intestinal
Criança
Methane
Constipation
Child
Issue Date: 2000
Publisher: Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Citation: São Paulo: [s.n.], 2000. 117 p. tabgraf.
Abstract: O metano e o hidrogenio sao gases intestinais que podem estar presentes no ar expirado. Na infancia, a producao de metano tem sido associada com constipacao cronica funcional principalmente nos pacientes com escape fecal. Assim, os objetivo deste estudo foram: 1- pesquisar a producao de metano em pacientes com constipacao cronica funcional com e sem escape fecal; 2- avaliar a producao de metano apos seis semanas de tratamento da constipacao cronica funcional; 3- Avaliar a concentracao de metano no ar expirado antes e apos a evacuacao induzida pelo enema retal. Foram estudados 55 pacientes com constipacao cronica funcional, sendo 38(69,1 por cento) com escape fecal e 17 (30,9 por cento) sem escape fecal, que foram comparados com 10 criancas com habito intestinal normal. A idade dos pacientes e das criancas com habito intestinal normal variou de tres a 13 anos. Foram avaliados, tambem, a concentracao de metano no ar expirado em 12 pacientes com constipacao cronica com impactacao fecal antes e apos a evacuacao induzida por enema retal. Os pacientes com constipacao cronica funcional e as criancas com habito intestinal normal realizaram o teste de hidrogenio e metano no ar expirado apos inGestão de lactulose, para avaliacao do tempo de transito intestinal oro-cecal e o teste do rosa carmim para avaliacao do tempo de transito oro-anal. A producao de metano foi caracterizada pela presenca de metano no ar expirado >3 ppm. O hidrogenio e o metano foram analisados por cromatografia gasosa, com o emprego de um aparelho Quintron©. Producao de metano foi mais frequente nos pacientes com constipacao cronica funcional com escape fecal 32/38 (84,2 por cento) do que nos pacientes com constipacao sem escape fecal 2117 (ll,8 por cento) e nas criancas com habito intestinal normal 0110 (O,O por cento), sendo a diferenca estatisticamente significante. Dos 23 pacientes com constipacao cronica produtora de metano que foram acompanhados por seis semanas, 62,5 por cento deixaram de ser produtores de metano (p<O,OOl). Apos a realizacao de enema retal para esvaziamento, observou-se reducao de 50 por cento na concentracao de metano no ar expirado, sendo que tres (25,0 por cento) dos 12 pacientes nao apresentavam metano na amostra coletada apos a evacuacao. Conclui-se que existe associacao entre producao de metano e constipacao cronica funcional com escape fecal. O controle da constipacao acompanha-se de reducao na producao de metano. O enema retal para ...(au)
URI: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17131
Appears in Collections:Em verificação - Dissertações e teses

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.