Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17058
Title: Ação da delavirdina sobre a prenhez da rata albina: ensaio biológico
Other Titles: Effects of delavirdine on the pregnacy animal of the albine rat: biological trial
Authors: Kulay Júnior, Luiz [UNIFESP]
Cunha, Andre Marquez [UNIFESP]
Keywords: Delavirdina
Prenhez
Issue Date: 2000
Publisher: Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Citation: São Paulo: [s.n.], 2000. 70 p. tab.
Abstract: A incidencia de infeccao pelo Virus da imunodefiCiência Humana (HIV) esta aumentado em todo o mundo e o Brasil nao e excecao. Devido ao aumento na proporcao de mulheres contaminadas em idade reprodutiva, a associacao entre infeccao por HIV e gravidez passou a ter grande importancia em Saúde publica ao redor do planeta. A administracao de antiretrovirais se tomou imperativa durante a gravidez para prevenir a transmissao vertical e, por isto, os novos medicamentos precisam ser submetidos a experimentacao em modelos animais prenhes para que possam ser incluidos em protocolos a serem utilizados durante a gestacao. A delavirdina e um antiretroviral da classe dos inibidores da transcriptase reversa nao analogos a nucleotideos, atualmente sendo usada em associacao com outros medicamentos. Os autores descrevem ensaio biologico onde foi administrada delavirdina a ratas prenhes. 50 animais foram distribuidos em 5 grupos (G1, G2, G3, G4 e G5). Ratas de G1 nao foram manipuladas, de G2 receberam placebo, as de G3 receberam dose oral de 20 mg/kg de delavirdina, de G4 receberam 40 mg/kg e G5 60 mg/kg. As ratas foram pesadas nos dias O, 7, 14 e 20 da prenhez; no dia 20, foram sacrificadas, seus fetos e placentas foram contados e pesados. Os autores encontraram que no dia 14, a media dos pesos das ratas do G4 foi maior que a dos outros grupos e esta diferenca foi estatisticamente significante. Eles propoem que tal achado pode ser devido a alteracao no metabolismo de carboidratos ou funcao renal prejudicada. Nao foram vistas diferencas entre os grupos quanto ao peso dos fetos ou das placentas nem quanto ao numero de implantacoes, reabsorcoes, obitos fetais ou matemos
URI: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17058
Appears in Collections:Em verificação - Dissertações e teses

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.