Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16953
Title: Estudo ultra-sonográfico, histerossonográfico, histeroscópico e anatomopatológico da cavidade uterina de mulheres na pós-menopausa
Other Titles: Ultrasonographic, hysterossonographic, hysterocopic and anatomopatologic study of uterine cavity of women postmenopausal
Authors: Goncalves, Wagner Jose [UNIFESP]
Accorsi Neto, Alfeu Cornelio [UNIFESP]
Keywords: Endométrio
Ultrassonografia/métodos
Histeroscopia
Pós-menopausa
Issue Date: 1999
Publisher: Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Citation: São Paulo: [s.n.], 1999. 96 p. tab.
Abstract: No Setor de Climaterio da Disciplina de Ginecologia da Faculdade de Medicina de Catanduva e no Setor de Oncocirurgla da Disciplina de Ginecologia da Universidade Federal de São Paulo- Escola Paulista de Medicina, realizou-se o estudo em 58 mulheres na pos-menopausa com vistas a avaliacao do endometrio e da cavidade uterina. Efetuaram-se ananmese, exame fisico e ginecologico, e a seguir, a ultrasonografia transvaginal com medida da espessura do eco endometrial. Em toda paciente, com esta espessura maior ou igual a quatro milimetros, procederam-se aos exames de histerossonografia, histeroscopia e biopsia endometrial dirigida. Observaram-se 40 casos (68,9 por cento)de alteracoes endometriais e 18 (31,1 por cento) de endometrio atrofico. Encontram-se polipo em 30 casos (51,7 por cento), hiperplasia sem atipia em 5 (8,6 por cento), adenocarcinoma em 2 (3,4 por cento), mioma submucoso em 2 (3,4 por cento) e endometrio proliferativo em 1 (1,8 por cento) caso. Confrontaram-se o resultado dos exames de histerossonografia com o da biopsia do endometrio. A histerossonografia detectou 51 (87,9 por cento) cavidades com alteracoes e 7 (l2,1 por cento) sem alteracao com sensibilidade de 97,5 por cento e especificidade de 33,3 por cento. A porcentagem de pacientes com alteracao endometrial, quando da histerossonografia anormal, foi de 76,4 por cento e o endometrio atrofico, quando da histerossonografia normal , foi de 85,78 por cento. Ao confrontarem-se os resultados dos exames de histerossonografia e de histeroscopia, verificou-se boa concordancia entre os metodos. Conclui-se que, na avaliacao da cavidade uterina de pacientes com eco endometrial maior ou igual a quatro milimetros pela ultra-sonografia transvaginal, a histerossonografia e metodo capaz de ampliar a visibilizacao da cavidade uterina e melhorar o diagnostico. Pode, ainda, melhorar o processo de triagem pre-operatoria para aquelas que precisam ser operadas
URI: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16953
Appears in Collections:Em verificação - Dissertações e teses

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.