Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/15715
Title: Avaliação morfométrica e funcional cardíaca ao ecocardiograma em pacientes hipertensos essenciais
Other Titles: Evaluation morphometric and functional cardiac to ecocardiogran in essential hypertension patients
Authors: Kohlmann Junior, Osvaldo [UNIFESP]
Rosa, Eduardo Cantoni [UNIFESP]
Keywords: Hipertensão
Cardiomegalia
Sístole
Diástole/fisiologia
Ecocardiografia
Rim/fisiologia
Issue Date: 1998
Publisher: Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Citation: São Paulo: [s.n.], 1998. 233 p.
Abstract: 1 - No presente trabalho a prevalencia das alteracoes estruturais cardiacas ocorreram em numero significativo de pacientes hipertensos, chegando a 52,6(por cento), sendo 27,2(por cento) de hipertrofia e 25,2(por cento) de alteracoes precoces de remodelacao, incluindo remodelacao septal (4(por cento)). 2 - Pacientes com remodelacao concentrica e remodelacao septal tidos `como de aparente baixo risco cardiovascular' diferem dos pacientes com geometria normal no que concerne as alteracoes estruturais, bem como aos parametros hemodinamicos, funcionais (incluindo funcao diastolica) e medidas de MAPA, devendo portanto ser estratificasos como pacientes de maior risco cardiovascular. 3 - A analise dos fatores determinantes apontaram para as medidas de pressao sistolica e obesidade como os principais fatores preditivos para a hipertrofia cardiaca no grupo de hipertensos, reforcando assim as tentativas do controle destes dois fatores, como estrategia fundamental para regressao da hipertrofia. No grupo de normotensos a obesidade ainda foi o fator preditivo principal para o aumento de massa. 4 - Nossos resultados ainda reforcam o papel contribuitorio da idade como determinante das alteracoes estruturais, principalmente no que concerne aos processos de remodelacao cardiaca, especialmente no grupo normotenso. 5 - Para analise mais fidedigna da estrutura cardiaca em obesos (IMC o 30), especialmente em hipertensos, mostrou-se que a correcao massa/alt2 seja empregada. Para isto, faz-se ainda necessario a definicao de valores limite de massa/ altura², obtidos a partir de populacoes referenciais de normotensos. Deste modo, poderiamos estratificar melhor o risco cardiovascular numa situacao onde dois fatores de risco potenciais (obesidade e hipertensao) ja se encontram presentes. 6 - A aplicacao de criterios de hipertrofia pre estabelicidos (Cornell) na populacao, obtido a partir da populacao referencial de normotensos, pareceu-nos mais adequada, permitindo uma melhor estratificacao estrutural e de risco cardiovascular. 7 - A correlacao entre as medidas da MAPA e as medidas estruturais cardiacas deste estudo, apontaram para uma maior sensibilidade da MAPA em predizer as alteracoes cardiacas estruturais quando comparada as medidas pressorias de consultorio. 8 - Avaliacao funcional / hemodinamica mostrou-nos que os hipertensos apresentam de uma forma geral um...(au)
URI: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/15715
Appears in Collections:Em verificação - Dissertações e teses

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.