Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1565
Title: Ativação da proteína TGFbetaI latente em pulmão irradiado in vivo
Other Titles: Latent TGFbeta1 activation in the lung irradiated in vivo
Authors: Mattos, Marcos Duarte [UNIFESP]
Kimura, Edna Teruko [UNIFESP]
Silva, Maria Regina Régis [UNIFESP]
Egami, Mizue Imoto [UNIFESP]
Segreto, Roberto Araujo [UNIFESP]
Segreto, Helena Regina Comodo [UNIFESP]
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Keywords: Ionizing radiation
Lung fibrosis
Transforming growth factor b (TGFbeta)
Radiação ionizante
Fibrose pulmonar
Fator beta de transformação do crescimento (TGFbeta)
Issue Date: 1-Dec-2002
Publisher: Associação Médica Brasileira
Citation: Revista da Associação Médica Brasileira. Associação Médica Brasileira, v. 48, n. 4, p. 329-334, 2002.
Abstract: PURPOSE: assess the latent and active TGFb1 localization in the lung, whether or not radiation induces latent TGFbeta1 activation, and the distribution of collagen fibers in the irradiated lung. METHODS: Thirty two C57BL mice were randomly assigned in two groups: GI (non irradiated animals) and GII (irradiated animals). The mice from GII received a single whole ¾ body radiation dose of 7Gy, using a 60Co source at a dose rate of 0.97 Gy/min. They were sacrificed by cervical dislocation at 1, 14, 30 and 90 days after radiation. RESULTS: The irradiated lungs showed: 1) vascular congestion and thickness of the alveolar septa 30 days and more intense 90 days after irradiation; 2) significant increase of collagen deposition in all time periods after irradiation; 3) weak latent TGFbeta1 activation 1 day and strong activation 14 days after irradiation in the bronchi and alveoli. Our results suggest that some bronchial and alveolar cells may have a role in the complex process of radiation-induced lung fibrosis acting as cellular sources of active TGFbeta.
OBJETIVO: Investigar no pulmão, por imunohistoquímica, a localização das proteínas TGFbeta1 latente e TGFbeta1 ativa, se ocorre ativação radioinduzida da proteína TGFbeta1 latente e a distribuição das fibras colágenas em diversos períodos de tempo após irradiação. MÉTODOS: 32 camundongos isogênicos (C57BL) foram divididos em dois grupos: GI (não irradiado) com 12 animais e GII (irradiado) com 20 animais. Os animais do GII receberam radiação gama (telecobaltoterapia, 60Co, com rendimento de 0,97Gy/min, dose única de 7Gy em corpo inteiro). Os camundongos dos grupos I e II foram sacrificados por estiramento cervical nos períodos de 1, 14, 30 e 90 dias após irradiação. RESULTADOS: Os pulmões irradiados apresentaram: 1) congestão vascular e espessamento dos septos alveolares aos 30 dias e mais intensamente aos 90 dias depois da irradiação; 2) aumento significante da deposição de colágeno em todos os períodos de tempo após irradiação; 3) fraca ativação da proteína TGFbeta1 latente em um dia e intensa aos 14 dias depois da irradiação em brônquios e alvéolos. Nossos resultados sugerem que células dos brônquios e alvéolos podem participar do complexo mecanismo de fibrose pulmonar radioinduzida atuando como fontes da proteína TGFbeta1 ativa.
URI: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1565
ISSN: 0104-4230
Other Identifiers: http://dx.doi.org/10.1590/S0104-42302002000400039
Appears in Collections:Artigo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S0104-42302002000400039.pdf230.85 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.