Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/15347
Title: Alterações oculares e imunohistoquímicas na conjuntiva e glândula lacrimal em pacientes submetidos a transplante de medula óssea
Authors: Campos, Mauro Silveira de Queiroz [UNIFESP]
Cunha, Rosana Nogueira Pires da [UNIFESP]
Keywords: Transplante de Medula Óssea
Túnica Conjuntiva
Aparelho Lacrimal
Imuno-Histoquímica
Issue Date: 1997
Publisher: Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Citation: São Paulo: [s.n.], 1997. 139 p.
Abstract: Foram encaminhados, para exame ocular, 65 pacientes do Ambulatorio de Transplante de Medula Ossea da Fundacao Pro-sangue Hemocentro de São Paulo, dos quais 47, sendo 25 (53,19%) do sexo masculino e 22 (46,81%) do sexo feminino, foram selecionados e classificados em 3 grupos: Grupo I: pacientes examinados antes e apos, ou somente apos o transplante autologo; Grupo II: pacientes examinados antes e apos, ou somente apos o TMO alogenico e que apresentavam olho seco; Grupo III: pacientes examinados antes e apos, ou somente apos o TMO alogenico, e que nao apresentavam olho seco. Exame ocular completo, incluindo testes clinicos da funcao lacrimal, e biopsias de conjuntiva e glandula lacrimal foram realizadas nos periodos pre e pos-transplante. Estudou-se a populacao celular, atraves de analise imunohistoquimica das biopsias, utilizando um painel com os seguintes anticorpos monoclonais: CD3, CD4, CD8, CD14, CD19 e CD57. Nenhum paciente do Grupo I apresentou olho seco pelos criterios adotados, e entre os pacientes submetidos ao TMO alogenico, 14 em 34 (41,18%) apresentaram olho seco. Os testes de avaliacao da funcao lacrimal foram significantemente positivos nos pacientes do Grupo II, assim como a presenca de alteracoes biomicroscopicas caracteristicas de ceratoconjuntivite seca. Na conjuntiva e na glandula lacrimal de pacientes submetidos ao TMO autologo nao existiu reacao imunologica significante, concordando com os testes de funcao lacrimal. Houve aumento significante da populacao de linfocitos T e dos linfocitos T auxiliadores (Th) apos o transplante, e uma tendencia de aumento da populacao de linfocitos T supressores (Ts) apos o transplante, na conjuntiva de pacientes submetidos ao TMO alogenico. Houve aumento significante da populacao de linfocitos T, dos linfocitos T auxiliadores e dos linfocitos T supressores apos o transplante, na glandula lacrimal de pacientes submetidos ao TMO alogenico. A populacao de linfocitos Th foi, em media, maior que a de linfocitos Ts na conjuntiva, e praticamente igual, na glandula lacrimal de pacientes apos o TMO alogenico. No periodo pos-transplante, os individuos do grupo alogenico tiveram um aumento maior dos linfocitos T e Th principalmente, tanto na conjuntiva como na glandula lacrimal
URI: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/15347
Appears in Collections:Em verificação - Dissertações e teses

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.