Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1348
Title: Efeitos do etil-cianoacrilato na parede venosa, de cães
Other Titles: Cyanoacrylate effects on venous dog wall
Authors: Maia, Celso Costa [UNIFESP]
Cruz Filho, Milton [UNIFESP]
Abrahão, Silvio [UNIFESP]
Baptista-Silva, José Carlos Costa [UNIFESP]
Gomes, Paulo Oliveira [UNIFESP]
Soufen, Marco Antônio
Novo, Neil Ferreira [UNIFESP]
Juliano, Yara [UNIFESP]
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade de Mogi das Cruzes
Faculdade de Medicina de Santo Amaro
Keywords: Veins
Cyanoacrylate
Dogs
Sclerosing solutions
Sclerotherapy
Veias
Cianoacrilato
Cães
Esclerosantes
Escleroterapia
Issue Date: 1-Feb-2002
Publisher: Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia
Citation: Acta Cirurgica Brasileira. Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia, v. 17, n. 1, p. 55-61, 2002.
Abstract: Chemical drugs for vein sclerosis and / or obliteration has been used in esophagogastric varices endoscopic management, trying to treat and prevent digestive hemorrhage as an alternative for surgical treatment. The synthetic adhesive ethyl-cyanoacrylate showing fast polymerization, low cost, commercial availability and good fluidity for intravenous injection, was useful for that purpose. OBJECTIVE: To study the ethyl-cyanoacrylate effects on venous wall, in dogs. METHODS: The cephalic vein wall changes were evaluated in 42 male adults mongrel dogs, weighing 10-13 Kg, randomly distributed in three groups (group 1 = 7 days, group 2 = 14 days and group 3 = 21 days). Single punction and injection of 1 ml of ethyl-cyanoacrilate, and 7, 14 and 21 days later operative specimen excision, having inside the polymer. The non-injected contralateral vein remained as control. Histopathological parameters evaluated (hematoxylin-eosin) were: venous obliteration by adhesive polymerization, acute and chronic inflammatory process, venous wall lesion and granulation tissue degree. RESULTS: Statistical analysis showed lumen complete obliteration and venous wall lesion in all injected animals on 7, 14 and 21 days; prominent acute and chronic inflammation on 14 and 21 days and granulation tissue found only on 21 day. CONCLUSION: Complete obliteration and venous wall injury in all injected animals was shown on 7, 14 and 21 days. Prominent acute and chronic inflammation occurred after 14th day, and granulation tissue only after the 21st day.
Substâncias químicas têm sido empregadas no tratamento de varizes esofagogástricas na prevenção de hemorragia digestiva e no seu tratamento pela esclerose ou obliteração venosa, como uma alternativa ao tratamento cirúrgico. O adesivo sintético, etil-cianoacrilato, mostrando rápida polimerização, baixo custo, disponibilidade comercial e boa fluidez para a injeção intravenosa, é útil neste propósito. OBJETIVO: Estudar os efeitos do etil-cianoacrilato na parede venosa de cães. MÉTODOS: Foram utilizados 42 cães, sem raça definida, adultos, machos, com peso variando entre 10 a 13 kg, distribuídos de modo aleatório, em três grupos: grupo 1, avaliados após 7 dias, grupo 2 , 14 dias e grupo 3 , 21 dias. O procedimento foi realizado em duas fases. A primeira constou da injeção de 1 ml de etil-cianoacrilato, por punção única, na veia cefálica do membro torácico do cão. A segunda, realizada 7, 14 e 21 dias após, constou da retirada da peça operatória, contendo o polímero no seu interior e da veia contralateral, sem o mesmo, como controle. Para estudo histológico utilizou-se o método da hematoxilina-eosina. Variáveis estudadas: obliteração, reações inflamatórias: aguda e crônica, tecido de granulação e lesão de parede das veias. RESULTADOS: A obliteração ocorreu em todos cães estudados, nos períodos de 7, 14 e 21 dias. A reação inflamatória surgiu no período de 7 dias e foi encontrada em todos animais aos 14 e 21 dias. O tecido de granulação após 21 dias. A lesão de parede venosa ocorreu em todas veias estudadas. CONCLUSÃO: O etil-cianoacrilato em contato com a parede interna de veia superficial provoca obliteração da veia e lesão da parede venosa de cães.
URI: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1348
ISSN: 0102-8650
Other Identifiers: http://dx.doi.org/10.1590/S0102-86502002000100008
Appears in Collections:Artigo
Artigo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S0102-86502002000100008.pdf858.6 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.