Qualidade de vida em pacientes com carcinoma espinocelular da orofaringe submetidos a cirurgia robótica transoral (TORS)

Qualidade de vida em pacientes com carcinoma espinocelular da orofaringe submetidos a cirurgia robótica transoral (TORS)

Título alternativo Quality of life in Patients with Oropharynx Squamous Cell Carcinoma submitted to TransOral Robotic Surgery
Autor Leonhardt, Fernando Danelon Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Abrahão, Marcio Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Objective: To assess the quality of life of patients with oropharyngeal squamous cell carcinoma after transoral robotic surgery (TORS). Methods: 38 patients treated with TORS followed by adjuvant therapy as indicated were prospectively enrolled. SF-8™ and Performance Status Scale (PSS) questionnaires completed prior to surgery, 6 and 12 months of follow-up were analyzed. Results: For PSS Eating and Diet domains, significant decreases occurred at 6 months (p=<0.001 and p=<0.001, respectively) but not at 12 months. Significant declines in PSS Speech were seen at 6 and 12 months (p=<0.001 and p=<0.001). No significant declines in the SF-8 ™ domains, except for Bodily Pain and Global Health (6 months). Significantly higher PSS Eating and Diet scores were seen at 6 months for TORS alone compared to TORS and chemoradiation. Conclusions: Combination TORS and adjuvant therapy caused a temporary decrease in several domains at 6 months returning to baseline including swallowing function in all patients.

Objetivo: avaliar a qualidade de vida de pacientes com carcinoma espinocelular da orofaringe após um ano de tratamento com cirurgia robótica transoral. Método: 38 pacientes tratados com TORS seguido de terapia adjuvante conforme indicação clínica foram incluídos prospectivamente. Realizada avaliação dos resultados dos questionários SF-8™ e Performance Status Scale (PSS) completados antes do tratamento e após seis meses e um ano de acompanhamento. Os resultados dos questionários de qualidade de vida apresentam valores maiores para melhor capacidade funcional e qualidade de vida Resultado: Nos domínios alimentação e dieta do PSS, ocorreram diminuições significativas aos seis meses de seguimento (p=<0,001 e p=<0,001, respectivamente) mas não aos 12 meses. Houve diminuição significativa no domínio fala do PSS em seis meses e um ano de acompanhamento (p=<0,001 and p=<0,001). Não houve diminuições significantes nos domínios do SF-8 ™, exceto em dor (BP) e saúde global (GH) em seis meses. Resultados significativamente maiores ocorreram nos domínios alimentação e dieta aos seis meses de seguimento no grupo submetido a TORS somente quando comparado com TORS associado com quimio e radioterapias. Conclusão: A associação de TORS com a terapia adjuvante necessária causou uma diminuição temporária, aos seis meses de acompanhamento, em diversos domínios dos questionários de qualidade de vida analisados, que tenderam aos valores iniciais em um ano de seguimento.
Palavra-chave Carcinoma de células escamosas
Qualidade de vida
Robótica
Neoplasias orofaríngeas/cirurgia
Carcinoma, squamous cell
Quality of life
Robotics
Oropharyngeal neoplasms/surgery
Idioma Português
Data de publicação 2010-08-25
Publicado em LEONHARDT, Fernando Danelon. Qualidade de vida em pacientes com carcinoma espinocelular da orofaringe submetidos a Cirurgia robótica transoral (TORS). 2010. Tese (Doutorado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2010.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 125 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9995

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta