Proteoglicanos de estroma mamário e fibroadenoma humanos em diferentes condições hormonais

Proteoglicanos de estroma mamário e fibroadenoma humanos em diferentes condições hormonais

Título alternativo Proteoglycans of human mammary stroma and fibroadenoma under different hormonal conditions
Autor Lima, Cilene Rebouças de Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Michelacci, Yara Maria Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Proteoglycans are important component of the extracellular matrix, which are involved in its organization and function, as well as in many biological processes. The aim of the present study was to investigate the changes that occur in proteoglycans of human fibroadenoma in comparison to proteoglycans of human normal breast tissue during the menstrual cycle. Tissue samples were collected during surgery, and both the concentration and the synthesis rate of the proteoglycans were analyzed. Fibroadenomas contained more, and synthesized more, proteoglycans than their paired normal controls, both in proliferative and secretory phases of the menstrual cycle. Normal breast tissue has shown an important increase in proteoglycan concentration during the secretory phase. In contrast, a small decrease was observed in the same period for tumors. Concerning the glycosaminoglycan chains, heparan sulfate and a hybrid dermatan sulfate containing both β-D-glucuronic and α-L-iduronic acid residues, were found in both normal and tumoral tissues. The concentration of both was increased in tumors, in comparison to normal tissue, but the dermatan sulfate increased more. The structure of this compound was also modified, with a higher proportion of β-D-glucuronic acid. Nevertheless, no differences were observed in dermatan sulfate composition comparing the proliferative to the secretory phase of the menstrual cycle. Decorin was identified in both normal and tumoral tissues, while versican was found only in fibroadenoma. By immunofluorescence, it was shown that decorin occurs mainly in peritubular regions. Versican, which again appeared only in fibroadenoma, also was concentrated in the peritubular regions. Our results clearly demonstrate that the synthesis rate and concentration of proteoglycans, especially decorin and versican, is increased in fibroadenoma in comparison to normal breast tissue. In normal breast tissue, the concentration of proteoglycans is higher during the secretory phase, but the tumor seems to be less sensitive to hormonal control.

Proteoglicanos são importantes componentes da matriz extracelular, que estão envolvidos na sua organização e funcionamento, bem como em muitos processos biológicos. O objetivo do presente estudo foi investigar as mudanças que ocorrem nos proteoglicanos de fibroadenoma em comparação com o tecido mamário humano normal durante o ciclo menstrual. Foram coletadas amostras de tecido durante cirurgias, e a concentração e a velocidade de síntese de proteoglicanos foram analisadas. Fibroadenoma contém mais proteoglicanos e sintetizou mais proteoglicanos em condições de cultura de tecido do que seus respectivos controles normais pareados, tanto na fase proliferativa quanto na fase lútea do ciclo menstrual. O conteúdo de proteoglicanos foi mais alto no tecido normal durante a fase lútea (ou secretória) do ciclo menstrual, enquanto no tumoral foi mais elevada na fase proliferativa. Quanto às cadeias de glicosaminoglicanos, heparam sulfato e dermatam sulfato híbrido foram encontrados em ambos os tecidos, normal e tumoral. A concentração de ambos estava aumentada no tumor em comparação com o tecido normal, mas o galactosaminoglicano aumentou mais. Além disso, a estrutura desse composto também se modificou com uma proporção maior de ácido β-D-glucurônico no fibroadenoma. Contudo, diferenças na composição dos glicosaminoglicanos não foram observadas comparando-se as fases proliferativa e secretória do ciclo menstrual. Decorim foi identificado nos tecidos normal e tumoral, enquanto versicam só estava presente no fibroadenoma. Por imunofluorescência, demonstrou-se que decorim ocorre preferencialmente nas regiões peritubulares de ambos os tecidos. Versicam, que só foi identificado em fibroadenoma, também se concentra nas regiões peritubulares. Em conclusão, nossos dados demonstram que a velocidade de síntese e a concentração de proteoglicanos, especialmente decorim e versicam, estão aumentadas no fibroadenoma, em comparação com o tecido mamário normal. No tecido mamário normal, a concentração de proteoglicanos é mais alta durante a fase secretória, enquanto o tumor parece ser menos sensível ao controle hormonal.
Palavra-chave Ciclo menstrual
Fibroadenoma
Tecido mamário
Proteoglicanas
Idioma Português
Data de publicação 2009-08-26
Publicado em LIMA, Cilene Rebouças de. Proteoglicanos de estroma mamário e fibroadenoma humanos em diferentes condições hormonais. 2009. Tese (Doutorado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2009.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9991

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Retido-166a.pdf
Tamanho: 1.422MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo
Nome: Retido-166b.pdf
Tamanho: 1.564MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo
Nome: Retido-166c.pdf
Tamanho: 1.406MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo
Nome: Retido-166d.pdf
Tamanho: 1.473MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo
Nome: Retido-166e.pdf
Tamanho: 1.352MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo
Nome: Retido-166f.pdf
Tamanho: 1.123MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta