Prevalência da disfunção temporomandibular, segundo o grau de ansiedaade em adolescentes no município de São Roque -SP

Prevalência da disfunção temporomandibular, segundo o grau de ansiedaade em adolescentes no município de São Roque -SP

Título alternativo Prevalence of temporomandibular joint disorder, according to the degree of anxiety in adolescents in the city of São Roque, SP
Autor Motta, Lara Jansiski Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Silva, Rebeca de Souza e Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo The aim of this study was to determine the prevalence of signs and symptoms of temporomandibulardisorder (TMD), according to the degree of anxiety in adolescents in the city of São Roque-SP and to evaluate the internal consistency and reproducibility of Fonseca’s Anamnestic Index for TMD and of the anxiety-trait part of STAI. The evaluation of signs and symptoms of TMD was obtained by the De Fonseca Questionnaire, determining the presence and severity of the disorder. The self-administered State-Trait Anxiety Inventory questionnaire (STAI) was used to assess the students’ anxiety level. The study group consisted of 3,538 adolescents aged between 10 and 19 years. To analyze the association between TMD and anxiety we used the chi-square test and for correlation between them the Spearman coefficient, adopting a significance level of 0.05. The data revealed that 73.2% (n = 2590) had some degree of TMD, where the most prevalent was the “slight” degree (50%, n = 2051). Anxiety was present in 72.7% (n = 2572). The statistical analysis showed the existence of a statistically significant association between TMD presence and anxiety with the femalestudents(p<0.001) and a statistically significant (p<0.001) positive correlation (0.401) between the degree of TMD and anxiety levels. The internal consistency of Fonseca’s questionnaire evaluated by the Cronbach alpha coefficient was 0.633, and the test value for the anxiety-trait questionnaire (STAI) was 0.700. The reproducibility of the Fonseca index questions obtained agreement between 0.519 and 0.959, while the STAI affirmations obtained concordance between 0.751 and 0.974. It was concluded that, given the internal consistency and reproducibility, the instruments can be considered reliable for a population study of TMD and trait anxiety.

O objetivo do presente estudo foi determinar a prevalência de sinais e sintomas de disfunção temporomandibular (DTM), segundo o grau de ansiedade em adolescentes na cidade de São Roque-SP e avaliar a consistência interna e reprodutibilidade dos instrumentos utilizados. A avaliação de sinais e sintomas de DTM foi obtida pelo Questionário De Fonseca determinando a presença e grau de severidade da desordem. Para avaliar o nível de ansiedade dos estudantes, foi utilizado o questionário auto-aplicável Inventário de Ansiedade Traço-Estado (IDATE). Foram avaliados 3538 adolescentes entre 10 e 19 anos. Para analisar a associação entre DTM e ansiedade utilizou-se o teste qui-quadrado e para correlação entre elas o coeficiente de Spearman, adotando o nível de significância 0,05. Os dados revelaram que 73,2% (n= 2590) possuíam algum grau de disfunção temporomandibular, sendo o grau “leve” o mais prevalente (50%, n=2051). Apresentavam-se ansiosos 72,7% (n=2572). A análise estatística mostrou haver associação estatisticamente significante entre a presença de DTM e ansiedade com o sexo feminino (p<0,001) e uma correlação positiva (0,401) estatisticamente significante (p<0,001) entre o grau de DTM e os níveis de ansiedade. A consistência interna do questionário de Fonseca avaliada pelo coeficiente alpha de Cronbach foi de 0,633 e o valor do teste para o questionário de ansiedade-traço (IDATE) foi de 0,700. A reprodutibilidade das questões do índice de Fonseca obtiveram concordância entre 0,519 e 0,959; e as afirmações do IDATE obtiveram concordância entre 0,751 a 0,974. Diante da consistência interna e a reprodutibilidade, os instrumentos podem ser considerados confiáveis para estudo populacional da DTM e ansiedade traço.
Palavra-chave Ansiedade
Anxiety
Disfunção temporomandibular
Temporomandibular disorder
Adolescentes
Adolescents
Idioma Português
Data de publicação 2011-04-27
Publicado em MOTTA, Lara Jansiski. Prevalência da disfunção temporomandibular, segundo o grau de ansiedaade em adolescentes no município de São Roque -SP. 2011. Tese (Doutorado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2011.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9955

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Retido-12563.pdf
Tamanho: 1.233MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta