Potenciais cognitivos evocados durante a codificação de itens distintos e relacionados entre si: efeitos sobre a recordação livre

Potenciais cognitivos evocados durante a codificação de itens distintos e relacionados entre si: efeitos sobre a recordação livre

Título alternativo An erp study of memory for distinctive and related words
Autor Ruiz, Ana Maria Nogueira Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Bueno, Orlando Francisco Amodeo Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Rationale: In free-recall tasks there is a facilitation in recall of semantically related words inserted in the middle serial positions of lists of words with no other relations between them. This facilitation can be due to a series of undetermined cognitive processes such as: a) distinctiveness of the related items; b) activation of preexistent representations in memory; c) processes involved in the integration of related items. The present study sought to investigate the involvement of these processes in the facilitation effect employing both behavioural data and event related potential (ERP) alterations during encoding of words. Methods: Twenty-three undergraduates studied 80 fifteen-word lists in 4 sessions (20 random lists per session). The words in the lists were unrelated except for those in serial positions 7, 8, e 9 de 60 lists, resulting in 4 list types (20 of each) with: a) semantic relations (e.g. milk, cheese, butter); b) phonetic relations (e.g. sea, fee, knee); c) perceptual relations (words related by the type font); d) no relations (control lists). Free-recall was obtained after presentation of each list. ERPs were registered from Fz, Cz and Pz during encoding of words in positions 7, 8, 9 and 10. Results: Recall facilitation varied between lists (semantic> phonetic> perceptual > control). ERPs showed modulations of components identified as P300, N400 and another late positive component (LPC) that varied according to type of relation and electrode location. Among perceptually related words, only that in the 7th serial position was more recalled than in the control list and it led to a positivity that corresponded to a P300. In the 8th and 9th words in the lists with semantic and phonetic relations the N400 was less negative than in control lists but did nor reflect the recall pattern (semantic > phonetic). An LPC occurred only in the 8th word in the semantic lists at FZ and in the 9th in all electrodes in both lists with semantic and phonetic relations which reflected the recall pattern. Conclusion: Results suggest that semantic facilitation effects can be attributed to different processes that occur together at encoding of related stimuli and that are not only due to P300 changes triggered by distinctiveness. P300 amplitude predicted recall only of single distinct items. When there was an opportunity of grouping two or three items such as in the semantic and phonetic lists, N400 and LPC participated in the facilitation effect.

Justificativa: Na tarefa de recordação livre há facilitação da recordação de palavras relacionadas semanticamente inseridas em posições intermediárias de listas nas quais as demais palavras não tem outros tipos de relacionamento entre si. Essa facilitação pode ser devida a vários processos cognitivos ainda indeterminados que ocorrem durante a codificação dos estímulos, como: a) a detecção de destaque desses itens em relação aos demais; b) ativação de representações pré-existentes na memória; c) processos envolvidos na integração dos itens relacionados. O presente estudo buscou investigar o envolvimento desses processos no efeito de facilitação incluindo ambos dados comportamentais e medidas de alterações de potenciais evocados relacionados a eventos (ERPs) registrados durante a codificação dos estímulos. Método: Vinte e três estudantes universitários estudaram 80 listas de 15 palavras em 4 sessões (20 listas selecionadas aleatoriamente por sessão). As palavras das listas não possuíam relação exceto às pertencentes às posições seriais 7, 8, e 9 de 60 listas, compondo 4 tipos de listas (20 de cada): a) com relação semântica (ex. leite, queijo, manteiga); b) com relação fonética (ex. chinelo, marmelo, farelo); c) com relação perceptual (palavras relacionadas pelo tipo de letra); d) sem relação (listas de controle). Ao final de cada lista foi obtida recordação livre das palavras. ERPs foram captados em Fz, Cz e Pz durante a codificação das palavras nas posições 7, 8, 9 e 10. Resultados: A facilitação da recordação variou em função do tipo de relacionamento (semântico> fonético> perceptual > controle). Os registros de ERPs mostraram modulações de componentes identificados como P300, N400 e um outro componente positivo tardio (LPC), que variaram em função do tipo de tríade, posição serial e localização do eletrodo. Dentre as palavras das tríades das listas com relação perceptual, somente a 7a palavra foi mais recordada do que nas listas de controle, e gerou maior positividade correspondente a um P300. Nas 8ª e 9ª palavras das listas com relações semânticas e fonéticas, o N400 foi menos negativo do que nas listas de controle, mas não correspondeu à diferença de recordação obtida na tarefa de recordação livre (semâtica > fonética). Um LPC ocorreu na 8a palavra somente nas listas com relação semântica em Fz, e na 9a com ampla distribuição nas listas com relação semântica e fonética, diferenciando do mesmo modo o padrão obtido na recordação. Conclusão: Nossos achados sugerem que o efeito de facilitação semântica pode ser atribuído por diferentes processos que atuam conjuntamente na codificação de estímulos associados: por ativação de redes semânticas/ fonéticas (N400) e pela manutenção e integração de estímulos associados pré-estabelecidos na memória de longo prazo (LPC), e não somente pelo efeito de distinção gerado pelo P300. A amplitude de P300 pareceu predizer a recordação somente quando a distinção foi atribuída a um único item. Quando houve possibilidade de agrupamento de dois ou mais itens como no nível semântico ou fonético, o N400 e LPC determinaram o efeito de facilitação.
Palavra-chave Episodic memory
Encoding
ERPs
Ciências da saúde
Memória
Memory
Evoked potentials
Potenciais evocados
Memória episódica
Codificação
Health sciences
Idioma Português
Data de publicação 2006-01-27
Publicado em Ruiz, Ana Maria Nogueira. Potenciais cognitivos evocados durante a codificação de itens distintos e relacionados entre si: efeitos sobre a recordação livre. 2006. Tese (Doutorado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2006.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 137 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9949

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta