Polimorfismo do códon 72 do gene TP53 como fator de risco de adenocarcinoma gástrico

Polimorfismo do códon 72 do gene TP53 como fator de risco de adenocarcinoma gástrico

Título alternativo Polymorphisms of codon 72 of the TP53 gene as risk factor for gastric cancer
Autor Daher, Fauze Jose Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Del Grande, José Carlos Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Aim: A common polymorphism of the tumor suppressor gene TP53 at codon 72 has been associated with human cancer susceptibility and prognosis. To study the role of this polymorphism in the gastric adenocarcinoma we examined 199 patients with cancer and 247 controls. Methods: The TP53 codon 72 genotypes were determined by PCR-RFLP in DNA samples extracted from nucleated cells of peripheric venous blood of cancer and noncancer patients. Hardy-Weinberg equilibrium, genotype and allele frequencies were compared using a qui-square test. The genotype distribution was also calculated for three age groups (<54, 55-64 and 65 or + years). Results: The genotype frequencies were in Hardy-Weinberg equilibrium in the case and control groups. The overall distribution for Arg/Arg, Arg/Pro, Pro/Pro genotypes was 46,6%, 41,9% and 11,5%, respectively. Comparison between cases and controls and between patients with non-cardia and cardia tumors did not show significant difference, genotype and allele wise. However, an ageassociated decrease in the prevalence of the Arg/Pro genotype was observed in both the overall gastric adenocarcinoma group (χ2=11.581; fd=2; p=0.021) and in the subset of cancer patients with non-cardiac tumors (χ 2=11.597; gl=2; p=0.021), but not in the controls or patients with cardiac tumors. Logistic regression analysis revealed that individuals who were <54 years of age who did not have the Arg/Pro genotype had approximately a 3 times greater risk of developing gastric cancer as compared to individuals with the Arg/Pro genotype (OR=2.74, 95% CI=1.22-6.18; p=0.01), suggesting a protective effect of this genotype. Conclusions: In this study, the results confirm that genotype Arg/Pro is suggested to be a protective factor against the development of gastric cancer in individuals with 54 years old or less (OR=2,74; 95%IC=1,22-6,18; p=0,01).

Objetivo: Um polimorfismo comum, de único nucleotídeo, no códon 72 do gene supressor de tumor TP53 tem sido associado com susceptibilidade e prognóstico de câncer humano. Para estudar o papel deste polimorfismo no adenocarcinoma gástrico, examinamos 199 pacientes com câncer gástrico e 247 controles. Métodos: Genotipagem para TP53, códon 72, foi realizada pela técnica PCR-RFLP em amostras de DNA extraídas de células nucleadas do sangue periférico de pacientes com câncer gástrico e de controles (sem câncer). A casuística foi estratificada pela localização da lesão tumoral em cárdica e não cárdica, assim como em faixas etárias com maior ou menor susceptibilidade de doença. O teste de Equilíbrio de Hardy-Weinberg analisou a frequência alélica e genotípica nos grupos e o teste do qui-quadrado para fazer o estudo comparativo entre os grupos. Resultados: As frequências genotípicas estiveram em equilíbrio de Hardy-Weinberg nos grupos de casos e controles. A distribuição, para a casuística total, dos genótipos Arg/Arg, Arg/Pro e Pro/Pro foi 46,6%, 41,9% e 11,5%, respectivamente. Não houve correlação entre qualquer dos genótipos estudados com significado estatístico para fator de risco da doença, quando se analisou a casuística de forma global. No entanto, estratificando-se por faixas etárias em 3 classes: 54 anos ou (-); 55 a 64 anos e 65 anos ou (+), ficou constatada uma chance 3 vezes menor de indivíduos Arg/Pro, que tenham 54 anos ou menos, serem acometidos da doença, em relação aos demais genótipos homozigotos da mesma faixa etária (OR=2,74; 95%IC=1,22-6,18; p=0,01). Conclusão: O genótipo Arg/Pro, nesta casuística, mostrou ser fator de proteção contra o desenvolvimento de adenocarcinoma gástrico em indivíduos com 54 anos ou menos.
Palavra-chave Fatores de risco
Polimorfismo de um único nucleotídeo
Gene TP53
Neoplasias gástricas
Proteína supressora de tumor p53
Idioma Português
Data de publicação 2009-07-29
Publicado em DAHER, Fauze Jose. Polimorfismo do códon 72 do gene TP53 como fator de risco de adenocarcinoma gástrico. 2009. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2009.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 107 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9940

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Retido-00297.pdf
Tamanho: 1.928MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta