Papel dos receptores B1e B2 do sistema calicreína-cinina na lesão aguda e crônica em modelos experimentais

Papel dos receptores B1e B2 do sistema calicreína-cinina na lesão aguda e crônica em modelos experimentais

Autor Wang, Pamella Huey Mei Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Câmara, Niels Olsen Saraiva Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Nowadays the B1 and B2 receptors (B1R and B2R) from the Kallikrein‐kinin system are being associated to several pathological processes. However, their role in renal diseases is still not well defined. This study aimed to evaluate B1R and B2R actions in experimental models of acute and chronic renal insult, focalizing in the immunological response. To achieve this goal, B1KO and B2KO animals were submitted to renal ischemia‐reperfusion injury (IR, acute injury) and to the unilateral urether obstruction (UUO, chronic insult). For IR, animals were sacrificed at 4, 24, 48 and 120 hours and for UUO at days 1, 5 and 14. Blood and urine samples were harvested for renal function measurement and kidneys were collected for histomorphological analysis and for tissue response profiling. In the IR model, B1KO and C57Bl/6 mice treated with B1R antagonist had lower serum creatinine levels and acute tubular necrosis. The protection from B1R deletion/inhibition involved lower expression of Tbet, IL‐1β and MCP‐1 and higher expression of GATA‐3, IL‐4, IL‐10 and HO‐1. In this model, B1KO mice also showed lower renal cellular apoptosis, estimated by lower BAD‐2 transcription and caspase‐3 activity and higher BCL‐2 expression. In UUO, B1R deletion was also protective. B1KO mice presented reduced proteinuria/urinary creatinine ratio at all time points analyzed and collagen deposition assayed by Masson’s trichomide at day 14. This protective response was associated with TGF‐β, OPN, MCP‐1 e IL‐6 downregulation and HO‐1 and IL‐10 upregulation. Thus, kinin receptors may have an important role in renal diseases. Herein, we showed that B1R deletion is protective in acute and chronic experimental models, involving a polarization of the immunological response to an anti‐inflammatory pattern. Therefore, we believe that B1R deletion may be a new therapeutic target for renal diseases.

Atualmente, os receptores B1 e B2 (B1R e B2R) do sistema calicreína‐cinina estão sendo associados a diversas patologias, mas o papel desses receptores em doenças renais ainda não é bem definido. Esta tese teve como objetivo analisar a função do B1R e B2R em modelos experimentais de lesão aguda e crônica renal, focalizando a resposta imunológica. Para isso, animais B1KO e B2KO foram submetidos à lesão de isquemia e reperfusão renal (IR, lesão aguda) e à ligadura unilateral do ureter (UUO, modelo crônico). Para a IR, os animais foram sacrificados em 4, 24, 48 e 120 horas e para a UUO, em 1, 5 e 14 dias. Amostras de sangue e urinas foram armazenadas para determinação da função renal e os rins foram coletados para análises histomorfológicas e análise das respostas teciduais. Na IR, animais B1KO e camundongos C57BL/6 tratados com antagonista do B1R tiveram níveis menores de creatinina sérica e de necrose tubular aguda. Nesse modelo, a proteção desencadeada pela deleção e inibição farmacológica do B1R envolveu menor expressão de T‐bet, IL‐1β e MCP‐1, concomitante com maior expressão de GATA‐3, IL‐4, IL‐10 e HO‐1. Animais B1KO também apresentaram uma apoptose renal reduzida, mensurada pela menor transcrição de BAD‐2 e atividade da caspase‐3 e maior expressão de BCL‐2. Na UUO, a deleção do B1R também foi protetora. Animais B1KO apresentaram uma menor razão de proteinúria e creatinina urinária em todos os tempos analisados e uma deposição de colágeno reduzida, observada pela coloração de Tricômio de Massom no 14º dia. Essa resposta protetora foi condicionada à menor expressão de TGF‐β, OPN, MCP‐1 e IL‐6 e à maior expressão de HO‐1 e IL‐10. Assim, os resultados dessa tese mostram que os receptores das cininas têm um importante papel em doenças renais. Mostramos que a deleção do B1R é protetora tanto para modelos agudo, como crônico e envolve um desbalanço da resposta imunológica, favorecendo um padrão antiinflamatório. Acreditamos que o bloqueio do B1R pode ser uma nova estratégia terapêutica contra patologias renais.
Palavra-chave Sistema Calicreína-Cinina
Rim/lesões
Kallikrein-Kinin System
Kidney/injuries
Idioma Português
Data de publicação 2009-03-25
Publicado em WANG, Pamella Huey Mei. Papel dos receptores B1e B2 do sistema calicreína-cinina na lesão aguda e crônica em modelos experimentais. 2009. Tese (Doutorado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2009.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 130 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9904

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta