Validação do Questionário do Hospital Saint George na Doença Respiratória (SGRQ) em pacientes portadores de doença pulmonar obstrutiva crônica no Brasil

Validação do Questionário do Hospital Saint George na Doença Respiratória (SGRQ) em pacientes portadores de doença pulmonar obstrutiva crônica no Brasil

Título alternativo Validation of the Saint George's Respiratory Questionnaire in patients with chronic obstructive pulmonary disease in Brazil
Autor Sousa, Thais Costa de Autor UNIFESP Google Scholar
Jardim, José Roberto Autor UNIFESP Google Scholar
Jones, Paul Wyatt Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Centro Universitário de Uberlândia
University of London
Resumo Introduction: The term quality of life has gained increasing importance in the scientific context. This study describes the adaptation of a disease-specific questionnaire developed by Paul Jones et al. in 1991, the St. George's Respiratory Questionnaire (SGRQ), to the Brazilian language and culture. This questionnaire evaluates the quality of life in patients with chronic obstructive pulmonary disease (COPD) and contains three domains (symptoms, activity, and impacts) divided in 76 items. The questionnaire is self-administrated, but it may be read to illiterate persons. Goal: To verify if the St. George's Respiratory Questionnaire is a valid tool to measure quality of life in patients with chronic obstructive pulmonary disease in Brazil. Methods: In order to validate the questionnaire in Brazil, it was initially translated into Portuguese and afterwards a back-translation into English, that was compared to the original version. A final Portuguese version was then written. This final version was, then, answered by 30 clinically stable COPD patients, according to the spirometry and oximetry values. Patients answered the questionnaire twice, within a 15 day interval. The length of time the patients took to answer the questionnaire and their doubts were noted. Wilcoxon test was used for the calculation of r probability between every single question between the two days; interclass correlation ratio was calculated to test the trustworthiness and reliability of the questionnaire. Results: Among the 30 participant patients, 10 were female and 20 were male. Mean age was 65.9 years. Most of the patients were found to be in stage 2 (56.7 %) of COPD, according to the American Thoracic Society classification. The interclass correlation ratio for the total score of the questionnaire was a = 0.79 and Wilcoxon p = 0.2110 (not statistically significant). The mean answering time for the two days of interview was, respectively, 11 minutes and 50 seconds and 10 minutes and 31 seconds. As concerns the doubts about the questions, the patients reported difficulties in answering Sections 4 and 5, each one of these questions written in a negative form. Conclusion: It can be concluded that the Brazilian version of the St. George's Respiratory Questionnaire is a valid and reliable tool to measure quality of life in patients with COPD in Brazil.

Introdução: O termo qualidade de vida tem adquirido cada vez mais importância no contexto científico. O presente estudo descreve a adaptação para as língua e cultura brasileiras de um questionário doença-específico desenvolvido por Paul Jones et al. em 1991(1): o Questionário do Hospital Saint George na Doença Respiratória (SGRQ), para a avaliação de qualidade de vida em pacientes portadores de doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC). Esse questionário contém três componentes (sintomas, atividade e impactos) divididos em 76 itens. É auto-administrado e pode ser lido para pacientes analfabetos. Objetivo: Verificar se o SGRQ é um instrumento válido para medir qualidade de vida em pacientes portadores de DPOC no Brasil. Métodos: Para a validação deste questionário no Brasil, realizou-se, inicialmente, uma versão da língua inglesa para o português; em seguida, foi realizada a tradução retrógrada (back translation), do português para o inglês, e uma versão final foi aplicada em 30 pacientes com diagnóstico de DPOC, estáveis clinicamente e baseado em critérios de espirometria e oximetria. Os pacientes responderam ao questionário por duas vezes, num intervalo de 15 dias. O tempo de resposta foi cronometrado e as dúvidas apontadas pelos pacientes, anotadas. Foi utilizado o teste estatístico de Wilcoxon para cálculo de probabilidade de r e calculado o coeficiente de correlação intraclasse para testar a fidedignidade e a confiabilidade do questionário. Resultados: Dos 30 pacientes que participaram do estudo, 10 eram do sexo feminino e 20 do masculino. A média de idade foi de 65,9 anos. A maioria dos pacientes encontrava-se no estádio 2 (56,7%) da DPOC, segundo a classificação da American Thoracic Society. O coeficiente de correlação intraclasse para a pontuação total do questionário foi a = 0,79 e o resultado do teste de Wilcoxon p = 0,2110 (não significante estatisticamente). O tempo médio de resposta dos dois dias de entrevista foi, respectivamente, 11 minutos e 50 segundos e 10 minutos e 31 segundos. Em relação às dúvidas, as questões mais freqüentemente referidas foram as das seções 4 e 5, que contêm uma frase cada na forma negativa. Conclusão: Pode-se concluir que a versão brasileira do Questionário do Hospital Saint George na Doença Respiratória (SGRQ) é um instrumento válido e fidedigno para medir qualidade de vida em pacientes portadores de DPOC no Brasil.
Palavra-chave obstructive lung diseases
questionnaire
quality of life
reproducibility of results
evolution studies
pneumopatias obstrutivas
questionário
qualidade de vida
reprodutibilidade de resultados
estudos de avaliação
Idioma Português
Data de publicação 2000-06-01
Publicado em Jornal de Pneumologia. Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia, v. 26, n. 3, p. 119-128, 2000.
ISSN 0102-3586 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia
Extensão 119-128
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0102-35862000000300004
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0102-35862000000300004 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/989

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0102-35862000000300004.pdf
Tamanho: 332.5KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta