Mutações genéticas da deficiência auditiva: avaliação comportamental e eletrofisiológica da audição sem e com prótese auditiva em crianças

Mutações genéticas da deficiência auditiva: avaliação comportamental e eletrofisiológica da audição sem e com prótese auditiva em crianças

Título alternativo Genetic mutations of the hearing loss: Behavioral and electrophysiological assessment of hearing with or without hearing aids in children
Autor Vieira, Eliara Pinto Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Azevedo, Marisa Frasson de Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Distúrbios da comunicação humana (fonoaudiologia) – São Paulo
Resumo The BMPs, the inductive proteins of bone growth since the beginning of their use have been evaluated in different experimental models aiming to determine their efficacy. We know that some substances can interfere positively or negatively when used in a systemic way or places associated with the BMP. Objective: this study objective to evaluate the possible interferences of antibiotic-therapy by using the active principle of cefazolin in an experimental model with rabbits. Methods: Two groups of female New Zealand rabbits underwent a lumbar spine inter-transverse artrodesys of segment L5-L6 using posterior approach. An homolog bone graft associated with a bio-compound (bovine BMP, 1,0mg and hydroxiapatita, 9,0mg) was used in the first group. The same procedure and bio-compound were used in the second group. However the animals were submitted to a prophylactic antibiotic-therapy with cefazolin starting two hours before the procedure and maintained for 24 hours after surgery. The animals were analyzed for 15 weeks, isolated in captivity and daily evaluated by a veterinarian under the clinical and neurological views and then euthanized, being the surgical pieces removed and submitted to a radiological and histological analysis. Results: For the first group the quantity and location of the implanted material varied among the individuals. However in most of the cases, the quantity and particles of homolog bone was insignificant and disperse along the soft tissue that covers the posterior region of the vertebrae. In the other cases, the particles with reabsorvation filled the reduced space between the transversal processes. For the second group, the quantity of material and its location also varied among the individuals. In most of the cases, several particles of homolog bone filled the space between the lateral processes whose bone neo-formation led to a trapping of these particles. All the cases showed formation in a higher or lower intensity of the cartilaginous tissue in the surface of the transverse processes. The radiological analysis showed in its relative frequency a higher frequency of complete fusion for group 2 when compared to group 1. Conclusion: Under the histological view for the model and experimental period analyzed, we inferred that, despite the fact that none of the proposed treatments had promoted a complete fusion of the vertebraes per bone tissue, the use of homolog bone + bovine BMPs associated with the use of cefazolin promoted a higher cartilaginous and bone formation with lower incidence of rejection of the material grafted in the doer area when compared to the group without the association of cefazolin. Under the radiological view, the relative analysis also showed to be superior in the group where cefazolin was used as a prophylactic antibiotic.

As BMPs, proteínas indutoras de crescimento ósseo, desde o início de sua utilização têm sido avaliadas em diferentes modelos experimentais objetivando determinar sua eficácia. Sabemos que algumas substâncias podem interferir positiva ou negativamente quando utilizadas de forma sistêmica ou local, associadas à BMP. Objetivo: Este estudo tem por objetivo avaliar as possíveis interferências da utilização de antibioticoterapia profilática pré e pós-operatória, utilizando-se como princípio ativo a cefazolina, aplicada a um modelo experimental em coelhos. Métodos: Foram utilizados dois grupos de coelhos fêmea, neozelandeses, submetidos à artrodese intertransversa da coluna lombar, segmento L5-L6, por via posterior. No primeiro grupo foi utilizado o enxerto autólogo associado ao biocomposto (BMP bovino, 1,0mg e hidroxiapatita, 9,0mg). No segundo grupo foi realizado o mesmo procedimento e utilizado o mesmo biocomposto, porém os animais foram submetidos a antibioticoterapia profilática com cefazolina iniciada duas horas antes e mantida por 24 horas após o término do procedimento. Os animais foram acompanhados por 15 semanas, isolados em cativeiro e avaliados diariamente por veterinário sob o ponto de vista clínico e neurológico, sendo posteriormente sacrificados e retiradas as peças cirúrgicas para serem submetidas à análise radiográfica e histológica. Resultados: Para o grupo 1, a quantidade e localização do material implantado variaram entre os indivíduos, porém, na maioria dos casos (6 amostras), a quantidade de partículas de osso homólogo era insignificante e estava dispersa ao longo do tecido mole que recobre o dorso da vértebra, circundado por tecido reacional com área de necrose. Nos demais casos as partículas com reabsorção preenchiam o reduzido espaço entre os processos transversos. Para o grupo 2, a quantidade do material e sua localização também variaram entre os indivíduos. Na maioria dos casos inúmeras partículas de osso mole preenchiam o espaço entre os processos laterais cuja neoformação óssea levou ao aprisionamento de algumas dessas partículas. Todos os casos exibiram formação em maior ou menor intensidade de tecido cartilaginoso na superfície dos processos transversos. A análise radiográfica mostrou em sua freqüência relativa maior freqüência de fusão completa para o grupo 2 quando comparado ao grupo 1. Conclusão: Do ponto de vista histológico para o modelo e período experimental analisado, inferimos que, embora nenhum dos tratamentos propostos tenha promovido o completo fusionamento das vértebras por tecido ósseo, a utilização de osso homólogo + BMP bovina, associada à aplicação de cefazolina, promoveu maior formação cartilaginosa e óssea com menor índice de rejeição do material enxertado na área doadora, quando comparada ao grupo sem associação de cefazolina. Do ponto de vista radiográfico, a análise relativa também demonstrou-se superior para o grupo onde foi utilizado cefazolina.
Palavra-chave Densidade óssea
Durapatita
Tomografia computadorizada espiral
Transplante ósseo
Proteínas morfogenéticas ósseas
Perda auditiva
Hearing loss
Potenciais evocados auditivos
Evoked potentials, auditory
Auxiliares de audição
Hearing aids
Criança
Child
Genética
Genetics
Bone density
Durapatite
Tomography, spiral computed
Bone transplantation
Bone morphogenetic proteins
Idioma Português
Data de publicação 2011-01-26
Publicado em VIEIRA, Eliara Pinto. Mutações genéticas da deficiência auditiva: avaliação comportamental e eletrofisiológica da audição sem e com prótese auditiva em crianças. 2011. 162 f. Tese (Doutorado em Ciências) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, 2011.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 162 p.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9832

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publico-12529a.pdf
Tamanho: 1.038MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo
Nome: Publico-12529b.pdf
Tamanho: 1.198MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta