Variáveis hematológicas e perfil do ferro na abdominoplastia após a cirurgia bariátrica

Variáveis hematológicas e perfil do ferro na abdominoplastia após a cirurgia bariátrica

Título alternativo Hematological variables and iron status in abdominoplasty after bariatric surgery
Autor Pedroso, Juan Carlos Montano Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Ferreira, Lydia Masako Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Background: The treatment of the abdominal wall deformity resulted from weight loss after bariatric surgery is a mixed type of abdominoplasty, which can induce post-operative anemia. In addition, bariatric surgery itself promotes a tendency to iron deficiency which could compromise erythropoiesis. To our knowledge, there is no study evaluating the degree of anemia and its recovery after post-bariatric abdominoplasty. Methods: The values of hemoglobin, reticulocytes, iron, ferritin and transferrin saturation index were measured the day prior to abdominoplasty and the first, fourth and eighth weeks after surgery. Hemoglobin was measured within 48h after surgery. Twenty adult women underwent surgery and had their data compared with 12 controls. Results: Hemoglobin levels dropped significantly from 12,98g/dL to 10,8g/dL within 48h. Hemoglobin increased significantly to 11,5g/dL by day seven, with correction of one third of the deficit, without significant increases thereafter. There was an increase in reticulocytes in the first week. Serum iron and transferrin saturation index fell in the first week and remained low. Ferritin levels showed no significant increase in the first week and subsequently fell. None of the patients received blood transfusion. Conclusion: Hemoglobin levels fell from 12,98 g/dL to 10,8 g/dL after abdominoplasty and showed an increase in the first week after surgery, with correction of one third of the deficit, but did not completely recover in the eighth week. At the end of the follow-up, 45% of the patients developed an iron deficiency and had a hemoglobin deficit higher than the patients that maintained normal iron stores.

Introdução: O tratamento da deformidade na parede abdominal resultante do emagrecimento após a cirurgia bariátrica é a abdominoplastia, a qual pode induzir anemia pós-operatória. Além disso, a cirurgia bariátrica promove uma tendência a deficiência de ferro. Baixas reservas de ferro comprometem a eritropoese. Não há estudo avaliando o grau de anemia e sua evolução após a abdominoplastia pós-bariátrica. Objetivo: Avaliar a anemia e sua evolução após a abdominoplastia pós-bariátrica. Métodos: Os valores de hemoglobina, reticulócitos, ferro, ferritina, e índice de saturação da transferrina foram mensurados na véspera da abdominoplastia e na primeira, quarta e oitava semana de pós-operatório. A hemoglobina também foi mensurada com 48h de pós-operatório. Vinte mulheres adultas foram operadas e tiveram seus dados comparados com 12 controles. Resultados: Os níveis de hemoglobina caíram, em média, de 12,98g/dL para 10,8g/dL com 48h. Houve um aumento significante da hemoglobina no sétimo dia com correção de um terço do déficit, sem aumentos significantes posteriores. Houve um aumento dos reticulócitos na primeira semana. O ferro sérico e índice de saturação de transferrina caíram na primeira semana e mantiveram-se baixos. Os níveis de ferritina apresentaram aumento não significante na primeira semana e posteriormente caíram. Nenhuma das pacientes foi transfundida. Conclusão: Os níveis de hemoglobina caíram após a abdominoplastia e demonstraram um aumento na primeira semana de pós-operatório, com correção de um terço do déficit de hemoglobina, porém, não recuperaram por completo na oitava semana. Ao término do seguimento, 45% das pacientes desenvolveram deficiência de ferro e apresentaram déficit de hemoglobina maior que as pacientes que mantiveram estoques de ferro normais
Palavra-chave Cirurgia bariátrica
Cirurgia plástica
Complicações pós-operatórias
Ferro
Parede abdominal
Anemia
Hemoglobinas
Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos
Reconstructive surgical procedures
Bariatric surgery
Obesidade mórbida
Obesity, morbid
Surgery, plastic
Postoperative complications
Hemoglobins
Iron
Abdominal Wall
Feminino
Female
Humanos
Humans
Idioma Português
Data de publicação 2011-05-25
Publicado em PEDROSO, Juan Carlos Montano. Variáveis hematológicas e perfil do ferro na abdominoplastia após a cirurgia bariátrica. 2011. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2011.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 181 p.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9826

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publico-12743.pdf
Tamanho: 1.988MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta