Medicina Tradicional Chinesa em unidades de saúde da Supervisão Técnica da Sé da cidade de São Paulo

Medicina Tradicional Chinesa em unidades de saúde da Supervisão Técnica da Sé da cidade de São Paulo

Título alternativo Traditional Chinese medicine in health care units of Technical Supervision of the Cathedral of São Paulo
Autor Faria, Fernanda Barbosa Pinto de Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Ruiz-Moreno, Lidia Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Ensino em Ciências da Saúde – São Paulo
Resumo A Medicina Tradicional Chinesa (MTC), com bases fundamentadas no estímulo à prevenção, visão holística e ênfase no autocuidado adequa-se às atuais Diretrizes Curriculares dos cursos da área da saúde e aos princípios do SUS, portanto vem sendo utilizada no sistema público de saúde no Brasil. Porém, a inserção de uma Medicina com bases filosóficas e culturais orientais em um contexto ocidental enfrenta numerosos desafios. Esta pesquisa tem como objetivo caracterizar o perfil profissional, as concepções, práticas e o processo de formação em MTC de profissionais que atuam em unidades do serviço público de saúde na cidade de São Paulo. Esta pesquisa descritiva exploratória foi realizada com abordagem qualitativa. A coleta de dados compreendeu a aplicação de formulários e entrevistas semiestruturadas a 12 profissionais que exercem MTC em duas unidades de saúde da região centro-oeste de São Paulo. A análise de conteúdo foi orientada pelos seguintes núcleos: perfil profissional, concepções e práticas, formação em MTC. Os resultados indicaram a configuração de dois grupos de profissionais que atuam com MTC, os médicos que praticam acupuntura e possuem formação mais normatizada e os não médicos que realizam práticas corporais e meditativas, com formação em diversas instituições que oferecem cursos com escassa normatização em relação à carga horária, aos conteúdos e requisitos de admissão. Os entraves na formação para ambos os grupos mencionados referem-se também à escassez de textos didáticos, docentes com insuficiente formação didático-pedagógica e ausência de apoio institucional para aprimoramento profissional em MTC. Os profissionais entrevistados expressam concepções condizentes com os princípios da MTC, contudo, o exercício da prática no cotidiano da unidade se vê prejudicado pela resistência da equipe multiprofissional, pelo escasso número de profissionais, carência de recursos materiais e falta de informação e divulgação da oferta e benefícios da MTC para usuários e profissionais da saúde. Os princípios da MTC e o perfil dos profissionais têm muito a contribuir com o atual modelo biopsicossocial de saúde no Brasil, embora medidas efetivas que incluam a aproximação das Instituições de Ensino Superior aos serviços de saúde devam ser estabelecidas para utilização e ampliação da MTC no serviço público, garantindo sua aplicação com segurança e qualidade visando à melhoria da saúde da população.

The Traditional Chinese Medicine, founded in the principles of stimulating prevention, holistic view and emphasis in self care, is appropriated in the current Curriculum Directive and to the Brazilian Unified Heath System, however, it has been used in the Brazil public health system. Nevertheless, the insertion of a Medicine with oriental philosophical and cultural approach in a western context has a number of challenges. The purpose of this search is to identify the professionals’ profile, the concepts, the practises and the education process of those professionals exercising Traditional Chinese Medicine in public centers in the city of São Paulo. This descriptive exploratory search was conducted with a qualitative approach. The data collection was through forms and semi-structured interviews with 12 professionals that exercise Traditional Chinese Medicine in two health public centers in the central west region of São Paulo. The content analysis was directed by: professional profile, concepts, practises and Traditional Chinese Medicine education. The results indicated the configuration of two professional groups that exercise Traditional Chinese Medicine: the doctors that practise acupuncture and have a formal academic education and the other professionals that give corporal and meditation practises and have a technical education acquired through several institutions that offer courses with limited regulation on minimum lecture and study hours, content and admission requirements. The issues regarding the education of both groups are also with respect to the limited availability of teaching material, teachers with insufficient teaching education and lack of institutional support for the professional improvement in Traditional Chinese Medicine. The traditional Chinese Medicine principles and the profile of the professionals have a lot to contribute with the current bio phiso social model of health in Brazil; nevertheless effective measures, which include the closer interaction between the universities and the health services, must be established in order for the Traditional Chinese Medicine to be used and amplified in the public service, safeguarding its qualified and secure application and aiming at the improvement of the heath standard of the population.
Assunto Brazilian Unified Health System
Complementary therapies
Educação em saúde
Heath education
Integrated medicine
Medicina integrativa
Sistema Único de Saúde
Terapias complementares
Medicina Tradicional Chinesa
Traditional Chinese Medicine
Idioma Português
Data 2010-04-28
Publicado em FARIA, Fernanda Barbosa Pinto de. Medicina Tradicional Chinesa em unidades de saúde da Supervisão Técnica da Sé da cidade de São Paulo. 2010. 168 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino em Ciências da Saúde) - Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2010.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 168 p.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9807

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: Publico-12535.pdf
Tamanho: 742.0Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)