Efeitos das cardioplegias sangüíneas hipotérmica e normotérmica nos substratos intracelulares em pacientes com corações hipertróficos

Efeitos das cardioplegias sangüíneas hipotérmica e normotérmica nos substratos intracelulares em pacientes com corações hipertróficos

Título alternativo The effect of cold and warm blood cardioplegia on intracellular substrates in patients with hypertrophic hearts
Autor Gomes, Walter José Autor UNIFESP Google Scholar
Ascione, Raimondo Google Scholar
Suleiman, M-saadeh Google Scholar
Bryan, Alan J. Google Scholar
Angelini, Gianni D. Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
University of Bristol Bristol Heart Institute Department of Cardiac Surgery
Resumo OBJECTIVE: Warm intermittent blood cardioplegia has been shown to prevent the reperfusion damage seen when cold blood cardioplegia is used in patients undergoing coronary revascularization. Little is known on the effects of these two cardioplegic techniques on hypertrophic hearts. The aim of this study was to investigate the comparative effects of cold and warm antegrade blood cardioplegia in patients with aortic stenosis who underwent aortic valve replacement. MATERIAL AND METHODS: The intracellular concentration of substrates (ATP, lactate and amino acids) was measured in left ventricular biopsies taken from 20 patients undergoing aortic valve replacement in whom myocardial protection was achieved by hyperkalaemic intermittent warm (n=10) or cold (n=10) blood cardioplegia. Biopsies were taken 5 minutes after institution of cardiopulmonary bypass (control), after 30 minutes of ischaemic arrest and 20 minutes after reperfusion. RESULTS: There were no significant changes in the intracellular concentration of substrates in the samples collected during the time of ischaemic arrest when compared to control. Upon reperfusion however there was a significant fall in the ATP and amino acids regardless of the cardioplegia technique used. CONCLUSION: The data suggest that both cardioplegia techniques do not confer adequate myocardial protection in hypertrophic hearts.

OBJETIVOS: As cardioplegias sangüíneas normotérmica e hipotérmica, administradas de maneira anterógrada e intermitente, têm demonstrado serem eficientes na proteção miocárdica em cirurgias de revascularização miocárdica. Entretanto, pouco se conhece da eficiência dessas técnicas em corações hipertróficos. Dessa maneira, foram estudados seus efeitos nos substratos intracelulares miocárdicos em pacientes portadores de estenose aórtica, submetidos a cirurgia de troca valvar aórtica. CASUÍSTICA E MÉTODOS: A concentração intracelular miocárdica dos substratos (ATP, lactato, glutamato, aspartato e alanina) foi medida em biópsias de ventrículo esquerdo de 20 pacientes submetidos a troca valvar aórtica, usando, como método de proteção miocárdica, cardioplegia sangüínea normotérmica (n=10) ou hipotérmica (n=10), administradas de forma anterógrada e intermitente. As biópsias foram retiradas 5 minutos após o início da circulação extracorpórea (controle), 30 minutos após o pinçamento aórtico (isquemia) e 20 minutos após o despinçamento (reperfusão). RESULTADOS: Não houve alterações significantes na concentração intracelular dos substratos nas amostras coletadas durante o período isquêmico, em comparação ao controle. Na reperfusão, entretanto, houve significante queda nos valores de ATP e aminoácidos em ambos os grupos, em relação ao grupo controle. CONCLUSÃO: Os dados sugerem que ambos os protocolos de proteção miocárdica empregados não foram eficientes na proteção miocárdica de corações hipertróficos.
Palavra-chave Heart arrest, induced
Cardioplegic solutions
Aortic valve
Myocardial pathology
Myocardial physiology
Hypothermia, induced
Parada cardíaca induzida
Soluções cardioplégicas
Valva aórtica
Miocárdio
Hipotermia induzida
Idioma Português
Data de publicação 2000-06-01
Publicado em Revista Brasileira de Cirurgia Cardiovascular. Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular, v. 15, n. 2, p. 160-168, 2000.
ISSN 0102-7638 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular
Extensão 160-168
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0102-76382000000200009
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0102-76382000000200009 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/980

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0102-76382000000200009.pdf
Tamanho: 93.33KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta