Mapeamento eletroanatômico epicárdico e endocárdico combinado associado à ablação por radiofrequência em pacientes com cardiomiopatia chagásica e taquicardia ventricular

Mapeamento eletroanatômico epicárdico e endocárdico combinado associado à ablação por radiofrequência em pacientes com cardiomiopatia chagásica e taquicardia ventricular

Título alternativo Combined epicardial and endocardial substrate mapping and radiofrequency catheter ablation for ventricular tachycardia in chronic chagasic cardiomyopathy
Autor Henz, Benhur Davi Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Paola, Angelo Amato Vincenzo de Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Medicina (cardiologia) – São Paulo
Resumo Background: Slow conduction scarred areas are related with ventricular tachycardia (VT) arrhythmogenesis in nonischemic cardiomyophathy. The purpose of this study was to characterize the substrate in both epicardial and endocardial surfaces of the left ventricle and to evaluate the effectiveness of substrate mapping and ablation for VT in Chagas cardiomyopathy. Methods and Results: Seventeen patients were evaluated prospectively using a simultaneous epicardial and endocardial electroanatomical substrate mapping and ablation. With a mean of 201±94 epicardial and 169±77 endocardial points, the epicardial voltage areas ≤0.5mV were 56.8 ± 40.6 (range 4.4 to 154.8 cm2) as compared to 22.5 ± 15.8cm2 (range 5.4 to 61 cm2) (p=0.004) in the endocardium. Analyzing the epicardial surface, there was a strong correlation between the bipolar voltage electrograms and the electrogram duration at the epicardium during sinus rhythm (r= 0.897, p<0.0001). Acute success was obtained in 83.3% of procedures with no serious complications. At the end of follow-up from 14 patients with acute success, 11 (78.6%) had been event-free based on ICD interrogation logs. Conclusion: Chronic Chagas cardiomyophathy patients have larger epicardial as compared to endocardial substrate areas. Combined epicardial endocardial substrate mapping and ablation during sinus rhythm proves effective in preventing VT recurrences and appropriate ICD therapies.

Introdução: Áreas de cicatriz que apresentam condução lenta estão relacionados com arritmogênese e conseqüentemente taquicardia ventricular em cardiopatia não-isquêmica. O objetivo deste estudo foi caracterizar a extensão do substrato em ambas as superfícies endocárdica e epicárdica do ventrículo esquerdo e avaliar a eficácia do mapeamento de substrato e ablação da TV na miocardiopatia chagásica. Métodos e Resultados: Dezessete pacientes foram avaliados prospectivamente através de mapeamento eletroanatômico de substrato epicárdico e endocárdico combinado e ablação. Com uma média de 201 ± 94 pontos no epicárdio e 169 ± 77 do endocárdio, as áreas de voltagem epicárdicas ≤ 0.5mV foram de 56,8 ± 40,6 cm2 (4,4-154,8 cm2), em comparação a 22,5 ± 15.8cm2 (5,4-61 cm2) (p = 0,004) no endocárdio. Analisando a superfície epicárdica, houve uma forte correlação entre a voltagem dos eletrogramas bipolares e a duração do eletrograma epicárdico durante o ritmo sinusal (r = 0,897, p <0,0001). O valor considerado ideal para diferenciação entre miocárdio normal e anormal foi de 46 ms baseado na curva ROC, com uma área sob a curva de 0.92 (95%CI 0.91-0.93). O istmo crítico localizava-se em regiões de baixa voltagem em todas as taquicardias ventriculares estáveis completamente mapeadas. Sucesso agudo foi obtido em 83,3% dos procedimentos sem complicações sérias. Ao final do acompanhamento dos 14 pacientes com sucesso agudo, 11 (78,6%) não apresentaram eventos na avaliação do CDI. Conclusão: Pacientes com miocardiopatia chagásica crônica têm maiores áreas de substrato epicárdico em relação ao endocárdio. O istmo critico das taquicardias ventriculares localiza-se em regiões de baixa voltagem. O mapeamento de substrato endocárdico e epicárdico combinados associados a ablação durante o ritmo sinusal se revelou eficaz na prevenção de recorrências TV e terapias apropriadas do CDI.
Palavra-chave Cardiomiopatia chagásica
Epicárdico
Radiofrequência
Mapeamento eletroanatômico
Endocárdico
Idioma Português
Data de publicação 2009-11-25
Publicado em HENZ, Benhur Davi. Mapeamento eletroanatômico epicárdico e endocárdico combinado associado à ablação por radiofrequência em pacientes com cardiomiopatia chagásica e taquicardia ventricular. 2009. 84 f. Tese (Doutorado em Ciências) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, 2009.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 84 p.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9796

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publico-9796.pdf
Tamanho: 8.184MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta