Luz intensa pulsada e ácido 5 aminolevulínico no tratamento de queratoses actínicas e fotoenvelhecimento facial

Luz intensa pulsada e ácido 5 aminolevulínico no tratamento de queratoses actínicas e fotoenvelhecimento facial

Título alternativo Intense pulsed light and aminolevulinic acid in the treatment of photodamage and actinic kearatosis
Autor Haddad, Alessandra Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Santos, Ivan Dunshee de Abranches Oliveira Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Cirurgia translacional – São Paulo
Resumo BACKGROUND: Photodynamic rejuvenation is the term used to the treatment of actinic keratosis and photodamage with photodynamic therapy. OBJECTIVE: Evaluate the efficacy of photodynamic therapy with aminolevulinic acid and intense pulsed light in the treatment of actinic keratosis and photodamage. METHODS: Fourty three patients mean age 71,3 years, were randomized in three groups: Control (IPL 18J); Treatment I (ALA+ IPL 16J); and Treatment II ( ALA+ IPL 18J) and evaluated clinically an photographically by two observers in Pre, 48hs, 8 weeks and 12 weeks Post-Treatment using Griffth’s Photonumeric Scale. Five actinic keratosis were marked as target in Pre-Treatment and biopsies Pre and Post-Treatment were done in one lesion to evaluate atypias and loss of cellular polarity. RESULTS: Non parametric tests showed marked improvement in mottled pigmentation, texture fine wrinkles in Groups Treatment I and II. In Control Group improvement only in mottled pigmentation. Actinic Keratosis clearance in Groups Treatment I and II were 51,2% and 68,4% respectively, whereas in Group Control it was 5%. In relation to Control Group, Groups Treatment I and II showed significant reduction of atypias and improvement in loss of cellular polarity. CONCLUSIONS: Photodynamic therapy with aminolevulinic acid and intense pulsed light is effective in the treatment of photodamage and actinic keratosis. The resolution of actinic keratosis was better with higher levels of energy.

INTRODUÇÃO: Rejuvenescimento fotodinâmico refere-se ao tratamento do fotoenvelhecimento e das queratoses actínicas. OBJETIVO: Avaliar a eficácia da terapia fotodinâmica com ácido aminolevulínico a 20% (ALA) ¾ tópico e luz intensa pulsada no tratamento das queratoses actínicas e do fotoenvelhecimento facial. MÉTODOS: Quarenta e três pacientes com idade média 71,3 anos, fototipos de pele I e IV divididos em: Controle (aplicação LIP/18J); Tratamento-I (ALA incubado por duas horas; ativado por duas passagens de LIP/16J); Tratamento-II (ALA; duas passagens de LIP/18J), foram avaliados por dois observadores, clínica e fotograficamente, no Pré, 48 horas, 8 e 12 semanas após, pela escala de Griffiths. Cinco queratoses actínicas foram marcadas como alvo para contagem no Pós- Tratamento, sendo uma submetida à biopsia antes e depois do tratamento, para avaliação anatomopatológica de atipias e perda de polaridade. RESULTADOS: Testes não-paramétricos mostraram melhora significativa (rugas finas, alterações texturais, pigmentação irregular) nos Grupos-Tratamento-I/II. No Grupo Controle, significância apenas para alterações pigmentares. Queratoses actínicas tiveram redução maior nos Grupos II (68, 4%) e I (51,2%) em relação ao Controle (5%). Houve redução significativa da gravidade das atipias e perda de polaridade nos Grupos-TratamentoI/II em relação ao controle. CONCLUSÃO: A terapia fotodinâmica, com ácido 5aminolevulínico e luz intensa pulsada, mostrou-se efetiva no tratamento do fotoenvelhecimento e das queratoses actínicas faciais. O tratamento das queratoses actínicas foi mais efetivo com uso de maior energia.
Palavra-chave Actinic keratosis
Adulto
Adults
Aminolevulinic acid/therapeutic use
Ceratose actínica
Ácido aminolevulínico/uso terapêutico
Fotoenvelhecimento da pele
Fotoquimioterapia
Photochemotherapy
Skin aging
Idioma Português
Data de publicação 2010-04-28
Publicado em HADDAD, Alessandra. Luz intensa pulsada e ácido 5 aminolevulínico no tratamento de queratoses actínicas e fotoenvelhecimento facial. 2010. 179 f. Tese (Doutorado em Ciências) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, 2010.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 179 f.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9790

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publico-9790.pdf
Tamanho: 4.502MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta