Libras como segunda língua para crianças ouvintes: avaliação de uma proposta educacional

Libras como segunda língua para crianças ouvintes: avaliação de uma proposta educacional

Título alternativo Teaching Brazilian Sign Language (BSL) for hearing children, as a second language: evaluation of an educational activity
Autor Roa, Maria Cristina Iglesias Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Sonzogno, Maria Cecilia Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Introduction: It is properly documented in the literature the importance of a second language in childhood. Bilingualism provides a number of benefits, but rarely a sign language would be the second option for hearing children in childhood. In this sense, the aim of this study is the teaching learning process of a Brazilian Sign Language to hearing children. It is important to talk about inclusion in the early years as a way to overcome unawareness and / or prejudice in the future. Objectives: To develop and implement a teaching plan for a sign language course for hearing children as a second language, with ages ranging from 6 to 7 years and to evaluate the teaching-learning process from the students, parents and professionals´ perspective. Methodology: This is a qualitative-quantitative approach with semi-structured participant observation, in its "natural environment". Video and field notes were used as important tools in the classroom for data collection. The subjects were pre-school Brazilian children of hearing parents. The research took place at the Paulistinha - School of Early Childhood Education, UNIFESP, from April to December/2010, totaling 25 classes. Different pedagogical activities and resources were used to enhance and facilitate the teaching / learning process. Throughout the process, the course and the students were evaluated by a multi-professional team and parents. They were also submitted to oral and written test in the Brazilian sign language, evaluated by a deaf teacher outside the project. Results: Despite the reduced number of classes, most of the children were able to answer questions related to the content such as sign and name spelling, numbers, family members, gender, among others issues. Although they were not able to achieve a complete ability in sign language, they could understand the significance of studying a sign language and could recognize peers with some other disabilities. Conclusion: Professionals involved in the project were enthusiasts regarding the easiness children learn sign language, corroborating the findings with the international literature. As regards to the techniques used to raise awareness related to handicapped people, some changes were observed in their attitude towards diversity. It is worth emphasizing that the children of today will be are our citizens of tomorrow and in this regard, the respect for differences must be developed from childhood.

Introdução: Está documentada na literatura a importância da aprendizagem de uma segunda língua na infância. O bilinguismo confere uma série de benefícios, porém, raramente uma língua de sinais seria a segunda opção na infância para crianças ouvintes. Esta pesquisa tem como objeto o Ensino da Língua Brasileira de Sinais para crianças ouvintes. É preciso falar de inclusão nos primeiros anos de vida para evitar falar dela no futuro como forma de superar o desconhecimento e/ou preconceito. Objetivos: Avaliar uma proposta educacional do ensino de Libras para crianças ouvintes, como segunda língua, idade de 6 a 7 anos, filhas de pais ouvintes na perspectiva dos alunos, pais e profissionais envolvidos neste processo. Metodologia: abordagem qualiquantitativa, com observação participante semiestruturada, em seu “ambiente natural”, vídeo e diário de campo como instrumento de coleta de dados. Os sujeitos foram cerca de 20 crianças, da 1a série do Ensino Fundamental, filhos de pais ouvintes. A pesquisa ocorreu na Escola Paulistinha de Educação Infantil da UNIFESP, de abril a dezembro/2010, totalizando 25 aulas. Nas atividades de sala de aula utilizaram-se diferentes estratégias de ensino/aprendizagem e recursos didáticos. O curso foi avaliado por equipe multiprofissional, pelos pais e pelos próprios alunos. Estes foram submetidos a testes orais e escritos sobre o conteúdo ministrado Resultados: Apesar da carga horária reduzida, a maioria das crianças conseguiu e soube responder perguntas relacionadas ao conteúdo, como sinalizar seu nome, idade, números, família, entre outros. Embora não tenham adquirido uma completa habilidade em Libras, entenderam o significado de estudar a língua de sinais brasileira e adquiriram um olhar para as deficiências. Os pais fizeram considerações muito positivas em relação ao aprendizado em Libras e notaram interesse por parte das crianças em aprender a língua de sinais. Os profissionais consideraram a metodologia adequada à idade dos alunos e mostraram-se entusiastas, observando a facilidade e a motivação para aprenderem a Língua de Sinais, corroborando com os achados da literatura internacional. Conclusão: as crianças ficaram sensibilizadas com o aprendizado de Libras e verbalizaram que foi importante para poderem se comunicar com um par surdo; pais e profissionais afirmaram a importância desse aprendizado, tendo em vista a inclusão e a aceitação das diferenças. Observou-se que utilizaram os sinais fora dos muros da escola, em ambientes familiares e com amigos. Estas crianças de hoje serão os nossos cidadãos de amanhã e é este sentimento de respeito às diferenças que precisa ser cultivado desde a infância.
Palavra-chave Aprendizagem
Educação especial
Special education
Teaching learning process
Linguagem de sinais
Sign language
Humanos
human
Criança
Child
Learning
Idioma Português
Data de publicação 2012-02-01
Publicado em ROA, Maria Cristina Iglesias. Libras como segunda língua para crianças ouvintes: avaliação de uma proposta educacional. 2012. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2012.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 177 p.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9784

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publico-13262.pdf
Tamanho: 3.419MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta