Interface osso-implante dental de titânio produzida por cirurgia piezoelétrica

Interface osso-implante dental de titânio produzida por cirurgia piezoelétrica

Título alternativo Bone/implant titanium dental interface produced by Piezoelectric Surgery
Autor Kfouri, Flávio de Ávila Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Duailibi, Silvio Eduardo Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Cirurgia translacional – São Paulo
Resumo INTRODUCTION: Regarding the success of osseointegration, injuries and traumas caused to bone tissues during the placement of titanium implants are clinical concerns. Drills commonly used in the procedures may generate excessive heat, leading to necrosis. The new piezoelectric technique was tested to determine whether it is less damaging to the surrounding tissues. OBJECTIVE: To evaluate bone remodelling at the interface bone-implant using ultrasound in rabbit tibiae, and compare with results using conventional technique. METHODS: Ninety-six implants were installed and assessed on postoperative days (PO) 7, 14, and 28 by histomorphometry. Trabecular thickness, number, and separation, and area and volume of periimplant bone were measured using specific software. RESULTS: Bone volume was similar for both techniques, with a trend toward an increase for the piezoelectric technique on PO 28. Reduction in trabecular thickness was observed in both methods, but then returning to normal values. Trabecular number increased up to PO 14, and remained constant afterwards. The contact area remained constant for the piezoelectric technique at the 3 time points; for the conventional technique, it was small at first, but showed no difference in values between techniques on PO 28. CONCLUSION: The piezoelectric technique induced bone formation for osseointegration of titanium implants, was not associated with occurrence of bone necrosis, and provided results similar to those using the conventional technique. Therefore, the piezoelectric ultrasound technique can be considered a viable alternative for clinical use in implantology.

INTRODUÇÃO: Para o sucesso da osteointegração, injúrias e traumas, causadas ao tecido ósseo, são preocupações clínicas quando da instalação de implantes de titânio. Normalmente realizados por fresas, podem gerar calor excessivo e necrose. Com o surgimento da técnica piezoelétrica, procurou-se verificar se a mesma seria menos lesiva aos tecidos adjacentes. OBJETIVO: Avaliar a remodelação óssea da interface osso-implante, produzida por ultrassom em tíbias de coelhos, comparando-a a técnica tradicional. MÉTODO: Noventa e seis implantes foram instalados e acompanhados por 7, 14 e 28 dias por histomorfometria. Analisou-se espessura, número e separação trabecular, volume e área óssea ao redor do implante por um software específico. RESULTADOS: O volume ósseo foi similar pelos dois métodos, com tendência de elevação pela técnica piezoelétrica aos 28 dias. Houve redução da espessura das trabéculas em ambos os métodos, com posterior retorno aos níveis normais. O número de trabéculas elevou-se após 14 dias, sendo mantido posteriormente constante. No método Piezoelétrico observou-se estabilidade na área de contato; no convencional, que iniciou em nível inferior, não se verificou diferença ao final do processo. CONCLUSÃO: A cirurgia piezoelétrica foi eficaz na produção de alvéolos ósseos para integração de implantes dentais de titânio, podendo ser considerada alternativa viável para utilização clínica na implantodontia, visto que não apresentou áreas de necrose óssea e os resultados foram similares à técnica tradicional.
Palavra-chave Eletrocirurgia
Implantes dentários
Regeneração óssea
Técnicas histológicas
Osteointegração
Coelhos
Idioma Português
Data de publicação 2011-07-27
Publicado em KFOURI, Flávio de Ávila. Interface osso-implante dental de titânio produzida por cirurgia piezoelétrica. 2011. 119 f. Tese (Doutorado em Ciências) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, 2011.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 119 f.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9771

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publico-9771.pdf
Tamanho: 5.891MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta