Influência do biofeedback respiratório associado ao padrão Quiet Breathing sobre a função pulmonar e hábitos de respiradores bucais funcionais

Influência do biofeedback respiratório associado ao padrão Quiet Breathing sobre a função pulmonar e hábitos de respiradores bucais funcionais

Título alternativo Influence of respiratory biofeedback associated with a quiet breathing pattern on the pulmonary function and habits of functional mouth breathers
Autor Barbiero, Eliane de Fáveri Franqui Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Neder, José Alberto Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Objective: To evaluate the effects of the use of respiratory biofeedback (RB) associated with quiet breathing on the thoracic perimetry, pulmonary function, force of the respiratory muscles and the following habits of functional mouth breathing (FMB): vigil of open mouth, sleeps of open mouth, dribbles in the pillow, difficult wakening, snore and restless sleep. Methods: It had been evaluated 20 FMB children, which had been submitted to 15 sessions of RB, through biofeedback pletsmovent (MICROHARD® V1.0), which provides the biofeedback of the thoraco-abdominal movements. Thoracic perimetry, spirometry and measures of the maximum static respiratory pressures were determined before and after the therapy. Subjects answered by the responsible ware used to evaluate the habits of FMB. paired Student’s t test and nonparametric tests had been used for analysis of the data. Results: The use of the RB associated with quiet breathing didn’t produce significant alterations in the thoracic perimetry and in the values of forced expiratory volume in the first second (FEV1), forced vital capacity (FVC), peak of expiratory flow (PEF), Tiffeneau indice (TI) and in the maximal expiratory pressure (PEmax). However, the maximal inspiratory pressure (PImax) presented significant statistic difference (-53.6 ± 2.9 cmH2O vs. -65.0 ± 6.0 cmH2O; p < 0.05) and happened significant changes in the evaluated habits. Conclusion: The results allow to conclude that the RB associated with quiet breathing improves the force of the inspiratory muscles and habits in FMB, therefore, it can be used as form of therapy in these individuals.

Objetivos: Avaliar os efeitos da utilização do biofeedback respiratório (BR) associado ao padrão quiet breathing sobre a perimetria torácica, função pulmonar, força dos músculos respiratórios e os seguintes hábitos de respiradores bucais funcionais (RBF): vigília de boca aberta, boca aberta durante o sono, baba no travesseiro, despertar difícil, ronco e sono inquieto. Métodos: Foram avaliadas 20 crianças RBF, as quais foram submetidas a 15 sessões de BR, por meio do biofeedback pletsmovent (MICROHARD® V1.0), o qual proporciona o biofeedback dos movimentos tóracoabdominais. Perimetria torácica, espirometria e medidas das pressões respiratórias máximas estáticas foram realizadas antes e após a terapia. Questões respondidas pelos responsáveis foram utilizadas para avaliar os hábitos dos RBF. Os dados foram analisados por meio de teste t de Student para dados pareados e testes não paramétricos. Resultados: O uso do BR associado ao padrão quiet breathing não produziu alterações significativas na perimetria torácica e nos valores de volume expiratório forçado no primeiro segundo (VEF1), capacidade vital forçada (CVF), pico de fluxo expiratório (PFE), índice de Tiffeneau (IT) e na pressão expiratória máxima (PEmax). Entretanto, a pressão inspiratória máxima (PImax) apresentou diferença estatisticamente significativa (-53,6 ± 2,9 cmH2O vs. -65,0 ± 6,0 cmH2O; p < 0,05) e ocorreram mudanças significativas nos hábitos avaliados. Conclusão: Os resultados permitem concluir que o BR associado ao padrão quiet breathing melhora a força da musculatura inspiratória e hábitos em RBF, podendo ser, portanto, utilizado como uma das formas de terapia nestes indivíduos.
Palavra-chave Fisioterapia
Physical therapy
Respiration
Respiração
Mouth breathing
Respiração bucal
Idioma Português
Financiador Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Data de publicação 2008-01-30
Publicado em BARBIERO, Eliane de Fáveri Franqui. Influência do biofeedback respiratório associado ao padrão Quiet Breathing sobre a função pulmonar e hábitos de respiradores bucais funcionais. 2008. 28 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Fisiologia do Exercício) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2008.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 24 p.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9752

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publico-Tese%20 ... i%20Franqui%20Barbiero.pdf
Tamanho: 232.3KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta