Índice de performance miocárdica em pacientes com alteração do relaxamento do ventrículo esquerdo e fração de ejeção normal

Índice de performance miocárdica em pacientes com alteração do relaxamento do ventrículo esquerdo e fração de ejeção normal

Título alternativo Doppler-derived myocardial performance index in patients with impaired left ventricular relaxation and normal ejection fraction
Autor Fernandes, José Maria Gonçalves Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Moisés, Valdir Ambrósio Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Introdução: 0 índice de Performance Miocárdica (IPM) ou índice de Tei tem sido utilizado na avaliação da função de ventrículo esquerdo em diversas doenças. A sua utilidade nos pacientes com disfunção diastólica isolada tem sido questionada e ainda não esta definitivamente estabelecida. Objetivo: avaliar a utilidade do IPM em pacientes com hipertensão arterial sistêmica com alteração do relaxamento do ventrículo esquerdo e fração de ejeção normal. Métodos: Foram consecutivamente selecionados 30 indivíduos saudáveis (14 homens, 40 ± 12 anos) com ecocardiograma normal (grupo I) e 30 pacientes (13 homens, 68 ± 9,6 anos) hipertensos com critérios para disfunção diastólica (grupo II) definidos como: relação E/A < 1,0 e pelo menos outros dois dos seguintes critérios: tempo de desaceleração da onda E (TDE) > 220 ms; velocidade longitudinal miocárdica de enchimento rápido septal (Em) < 8 cm/s e a relação entre Em e a velocidade longitudinal de contração atrial (Am) no anel mitral septal (Em/Am) < 1. Resultados: as grupos não apresentaram diferenças significantes em relação ao sexo (masc./fem.: 14/16 vs. 13/17 ;p:1,0), superfície corpórea (1,75 ± 0,18 m2 vs. 1 ,vs. 1,68± 0,17 m2 ;p:O,17) e fração de ejeção (65 ± 5,2 vs. 66,6 ± 6,2 por cento; p:0,61). No grupo II foram significantemente maiores em relação ao grupo I: frequência cardíaca (66 ± 9,2 vs 72 ± 8,4 bpm; p:0,0083), pressões arteriais sistó1ica (112 ± 15 vs 154 ± 20 mmHg; p<0,0001) e diastólica (67 ± 8,8 vs 82 ± 12 mmHg; p<0,0001), diâmetro do átrio esquerdo (30 ± 2,9 vs. 34,4 ± 3,73 mm; p<0,0029) à custa do aumento do tempo de relaxamento isovolumétrico (103 ± 42 ms vs 82 ± 18 ms; p:O,0001) sem variações significativas no tempo de contração isovolumétrica e no tempo de ejeção. Os melhores preditores do IPM no grupo hipertenso foram a ERP; diâmetro do átrio esquerdo, onda E, relação E/A e as ondas Sm e Em enquanto que na análise multlvariada apenas a ERP e as ondas E e Sm foram preditores independantes do IPM. Utilizando curvas ROC para separar os pacientes com disfunção diastólica dos do grupo-controle, a área sob a curva (ASC) do IPM foi de 0,70 ± 0,07 (IC: 0,56 - 0,83); com um valor de corte ≥ 0,40, os pacientes com disfunção diastólica foram identificados com sensibilidade de 63 por cento (IC95%: 44 por cento -80 por cento) e especificidade de 70 por cento (IC95% por cento: 51 por cento - 85 por cento). Por sua vez, 0 TRIV produziu ASC de 0;76 ± 0;06 (IC: 0,64 a 0,88) e com um valor de corte de 94 ms, os pacientes com disfunção diastólica foram identificados com sensibilidade de 67 por cento e especificidade de 80 por cento. Conclusão: 0 índice de performance miocárdica foi significantemente elevado nos pacientes hipertensos com disfunção diastólica e fração de ejeção normal, porém não foi superior ao TRIV no diagnóstico de alteração do relaxamento do ventrículo esquerdo.
Palavra-chave Determinação da pressão arterial
Função ventricular esquerda
Hipertensão
Volume sistólico
Ecocardiografia Doppler
Idioma Português
Data de publicação 2009-05-27
Publicado em FERNANDES, José Maria Gonçalves. Índice de performance miocárdica em pacientes com alteração do relaxamento do ventrículo esquerdo e fração de ejeção normal. 2009. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2009.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 94 p.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9741

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publico-100.pdf
Tamanho: 1.519MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta