Impacto da adenotonsilectomia na emissão vocal em crianças

Impacto da adenotonsilectomia na emissão vocal em crianças

Alternative title Impact of adenotonsillectomy on children´s voice
Author Dimatos, Spyros Cardoso Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Pignatari, Shirley Shizue Nagata Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Medicina (otorrinolaringologia) - São Paulo
Abstract Introduction: Tonsillectomy and adenoidectomy are the most common surgical procedures performed by otolaryngologists in pediatric age and their effects on speech spectrum remain unknown. Purpose: To evaluate the impact of tonsillectomy with adenoidectomy on children’s speech and voice. Method: Twenty-six children, ranging in age from 5 to 10 years, were recruited for this study. Perceptual measures and acoustic analysis were carried out before, 1 month and 3 months after surgery. The following parameters were estimated using the software Praat: fundamental frequency, jitter, shimmer and harmonic-to-noise ratio (HNR). Results: After surgical treatment, our data showed a statistically significant difference between preoperative and 1st month acoustic evaluations features during vowel /u/ production. No significant post-surgical changes were detected for the acoustic measures of speech studied when preoperative and 3rd month values were compared. Conclusion: Transient changes on speech spectrum come out after adenotonsillectomy in children with enlarged palatine tonsils and hypertrophic adenoids.

Introdução: Adenotonsilectomia é o procedimento cirúrgico mais realizado pelos otorrinolaringologistas em pacientes pediátricos, e entre as dúvidas mais freqüentes a respeito do pós-operatório, inclui-se a possibilidade de modificações no padrão vocal dessas crianças. Objetivo: Avaliar o impacto da adenotonsilectomia no padrão de emissão vocal de crianças com hipertrofia de tonsilas palatinas e faríngea. Método: Foram realizadas a avaliação perceptiva-auditiva e a análise acústica da voz de 26 crianças com hipertrofia adenotonsilar em três oportunidades: no pré-operatório e nos 1º e 3º meses após o procedimento cirúrgico. Os parâmetros acústicos: frequência fundamental, jitter, shimmer e proporção harmônicoruído foram avaliados por meio do programa Praat. Resultados: Houve uma alteração estatisticamente significante entre o shimmer e a proporção harmônico-ruído da emissão da vogal /u/ entre o período pré-operatório e o 1º mês de pós-operatório. Não houve diferenças significativas dos parâmetros acústicos entre a análise pré-operatória e àquela realizada no 3º mês de pós-operatório. Conclusão: Crianças com hipertrofia adenotonsilar submetidas à adenotonsilectomia cursam com alterações transitórias dos parâmetros acústicos, evoluindo com a normalização dos mesmos no 3o mês de pós-operatório.
Keywords Criança
Tonsilectomia
Voz
children
voice
Adenotonsillectomy
Language Portuguese
Date 2010-09-29
Published in DIMATOS, Spyros Cardoso. Impacto da adenotonsilectomia na emissão vocal em crianças. 2010. 39 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2010.
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 39 f.
Access rights Open access Open Access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9706

Show full item record




File

Name: Publico-378.pdf
Size: 911.3Kb
Format: PDF
Description:
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account