Impacto da adenotonsilectomia na emissão vocal em crianças

Impacto da adenotonsilectomia na emissão vocal em crianças

Título alternativo Impact of adenotonsillectomy on children´s voice
Autor Dimatos, Spyros Cardoso Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Pignatari, Shirley Shizue Nagata Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Medicina (otorrinolaringologia) - São Paulo
Resumo Introduction: Tonsillectomy and adenoidectomy are the most common surgical procedures performed by otolaryngologists in pediatric age and their effects on speech spectrum remain unknown. Purpose: To evaluate the impact of tonsillectomy with adenoidectomy on children’s speech and voice. Method: Twenty-six children, ranging in age from 5 to 10 years, were recruited for this study. Perceptual measures and acoustic analysis were carried out before, 1 month and 3 months after surgery. The following parameters were estimated using the software Praat: fundamental frequency, jitter, shimmer and harmonic-to-noise ratio (HNR). Results: After surgical treatment, our data showed a statistically significant difference between preoperative and 1st month acoustic evaluations features during vowel /u/ production. No significant post-surgical changes were detected for the acoustic measures of speech studied when preoperative and 3rd month values were compared. Conclusion: Transient changes on speech spectrum come out after adenotonsillectomy in children with enlarged palatine tonsils and hypertrophic adenoids.

Introdução: Adenotonsilectomia é o procedimento cirúrgico mais realizado pelos otorrinolaringologistas em pacientes pediátricos, e entre as dúvidas mais freqüentes a respeito do pós-operatório, inclui-se a possibilidade de modificações no padrão vocal dessas crianças. Objetivo: Avaliar o impacto da adenotonsilectomia no padrão de emissão vocal de crianças com hipertrofia de tonsilas palatinas e faríngea. Método: Foram realizadas a avaliação perceptiva-auditiva e a análise acústica da voz de 26 crianças com hipertrofia adenotonsilar em três oportunidades: no pré-operatório e nos 1º e 3º meses após o procedimento cirúrgico. Os parâmetros acústicos: frequência fundamental, jitter, shimmer e proporção harmônicoruído foram avaliados por meio do programa Praat. Resultados: Houve uma alteração estatisticamente significante entre o shimmer e a proporção harmônico-ruído da emissão da vogal /u/ entre o período pré-operatório e o 1º mês de pós-operatório. Não houve diferenças significativas dos parâmetros acústicos entre a análise pré-operatória e àquela realizada no 3º mês de pós-operatório. Conclusão: Crianças com hipertrofia adenotonsilar submetidas à adenotonsilectomia cursam com alterações transitórias dos parâmetros acústicos, evoluindo com a normalização dos mesmos no 3o mês de pós-operatório.
Palavra-chave Criança
Tonsilectomia
Voz
children
voice
Adenotonsillectomy
Idioma Português
Data de publicação 2010-09-29
Publicado em DIMATOS, Spyros Cardoso. Impacto da adenotonsilectomia na emissão vocal em crianças. 2010. 39 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2010.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 39 f.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9706

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publico-378.pdf
Tamanho: 911.3KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta