Funções visuoespaciais na Doença de Alzheimer de intensidade leve – uso da Bateria VOSP (Visual Object and Space Perception) em nosso meio

Funções visuoespaciais na Doença de Alzheimer de intensidade leve – uso da Bateria VOSP (Visual Object and Space Perception) em nosso meio

Título alternativo Visuospatial function in early Alzheimer´s Disease – The use of the VOSP (Visual Object and Space Perception) battery in a brazilian sample
Autor Quental, Natalia Bezerra Mota Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Brucki, Sonia Maria Dozzi Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo A Doença de Alzheimer é a causa mais frequente de demência. Os sintomas clínicos da doença se iniciam com um comprometimento da memória e da função executiva, gradativamente há um envolvimento de outras funções como a linguagem, conhecimento semântico, pensamento abstrato, atenção e habilidades visuoespaciais. A função visuoespacial consiste na identificação de um estímulo e sua localização, e pode estar comprometida no início do quadro clínico. A bateria “Visual Object and Space Perception” (VOSP) se propõe a avaliar as funções visuoespaciais minimizando a interferência de outras funções cognitivas. Objetivos: Avaliar as funções visuoespaciais na doença de Alzheimer de intensidade leve; Avaliar a sensibilidade desta bateria em uma amostra brasileira; Determinar escores de corte preliminares para diferenciar idosos saudáveis de pacientes com doença de Alzheimer. Métodos: 31 pacientes com Doença de Alzheimer leve e 44 idosos saudáveis foram avaliados com uma bateria de testes neuropsicológicos e com a VOSP. Resultados: Controles tiveram melhor desempenho em todos os testes neuropsicológicos. Na VOSP, os pacientes com Doença de Alzheimer mostraram pior desempenho em todos os testes de percepção de objeto, e em dois testes de percepção de espaço (Localização de Numero e Análise de Cubos). Conclusões: A função visuoespacial mostra-se comprometida em estágios iniciais da doença de Alzheimer. A bateria VOSP demonstrou ser sensível a déficits visuoespaciais.
Palavra-chave Doença de Alzheimer inicial
Early Alzheimer disease
Função visuoespacial
Visuospatial function
Dementia
Demência
Percepção visual
Visual perception
Percepção espacial
Space perception
Idioma Português
Data de publicação 2011-11-24
Publicado em QUENTAL, Natalia Bezerra Mota. Funções Visuoespaciais na Doença de Alzheimer de Intensidade Leve – Uso da Bateria VOSP (Visual Object and Space Perception) em nosso meio. 2011. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2011.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 75 p.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9667

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publico-12581a.pdf
Tamanho: 1.013MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo
Nome: Publico-12581b.pdf
Tamanho: 1.801MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta