Função do núcleo paratrigeminal na homeostase circulatória e reflexos cardiorrespiratórios

Show simple item record

dc.contributor.advisor Lindsey, Charles Julian [UNIFESP]
dc.contributor.author Sousa, Luana de Oliveira [UNIFESP]
dc.date.accessioned 2015-07-22T20:50:16Z
dc.date.available 2015-07-22T20:50:16Z
dc.date.issued 2010-03-31
dc.identifier.citation SOUSA, Luana de Oliveira. Função do núcleo paratrigeminal na homeostase circulatória e reflexos cardiorrespiratórios. 2010. Tese (Doutorado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2010.
dc.identifier.uri http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9664
dc.description.abstract Recentes investigações inserem 0 núcleo paratrigeminal entre 0 grupo de estruturas bulbares relacionadas ao controle homeostático. Para compreender sua participação nestes mecanismos avaliamos 0 efeito da lesão neuroquímica do núcleo, ou de suas sub-regiões, na resposta reflexa a estímulos pressores e depressores durante diferentes períodos pós ablação da estrutura. Também avaliamos 0 atividade elétrica neuronal através de registro simultâneo de muitos neurônios ou "multi-chonnel ensemble recording” durante alterações da pressão arterial. Os resultados mostraram que a integridade do núcleo é fundamental para a manutenção da pressão arterial de repouso como também para os componentes de compensação cardíaca e de tamponamento do simpático-vascular barorreflexos aos aumentos ou diminuições da pressão arterial. Aparentemente 0 núcleo parotrigeminal atuaria em tamponar pequenos e médios alterações da pressão arterial, dentro da faixa de oscilações das batidas cardíacas (40 mmHg em ratos), enquanto que 0 núcleo do trato solitário (NTS) atuaria tamponando as maiores alterações da pressão, sugerindo que as estruturas atuem com funções complementares. Lesões seletivas do núcleo paratrigeminal ossociaram a porção caudal à função barorreflexa e a porção interpolar e rostral na manutenção do tônus vascular e ou simpático. Uma estreito coluna de neurônios no aspecto lateral da região interpolar/caudal do núcleo teria importância fundamental para a manutenção do tônus vascular e pressão arterial de repouso. 0 decurso temporal dos efeitos da lesão do núcleo evidência a adaptação e plasticidade das redes neurais levando 0 uma reorganização para substituir funcionalmente a estrutura danificado. 0 registro simultâneo de neurônios paratrigeminais mostrou uma atividade elétrica compatível ao esperado de neurônios sensíveis à estimulação pressoceptora, observados no NTS. Evidência de recrutamento neuronal ocorre durante a fase ascendente da resposta pressora e a redução no número de neurônios que aumentaram a atividade elétrica no pico do efeito pressor pode refletir a cessação do efeito do recrutamento, possivelmente como parte do processo de resetting de curto prazo dos barorreceptores. Também, 0 número de neurônios que diminuíram ou aumentaram a taxa de disparo durante os eventos pressores e depressores pode representar a desativação ou ativação quimioreceptora, em resposta ao aumento ou queda do pressão arterial, respectivamente. Similar ao NTS, aproximadamente 90% dos neurônios paratrigeminois apresentaram atividade rítmico atrelada ao ciclo cardíaco, a maioria com múltiplos picos com distintas frequências, e grande proporção de neurônios com atividades rítmicas altamente sincronizadas com 0 rítmo respiratório ou outros. A assimetria e a falta de coerêncio da atividade dos neurônios frente a alterações opostas da pressão arterial, os múltiplos picos associados a atividade rítmicas sugere que 0 núcleo, além das aferências bororreceptoras receba também aferências convergentes, excitatórias e inibitórias, de origem quimioreceptora, cardiopulmonar, somatosensorial e ou nociceptiva. As informações convergentes ao núcleo seriam processadas 'por redes neurais e repassadas às outras estruturas bulbares relacionadas à homeostase cordiovascular e respiratória. Os dados apontam homologias entre o núcleo paratrigeminal e 0 NTS e, do ponto de vista evolutivo, o núcleo paratrigeminal poderia ser uma diferenciação funcional do NTS, próprio para fornecer ajustes finos e rápidos requeridos nos animais homeotermos.. pt
dc.format.extent 182 p.
dc.language.iso por
dc.publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rights Acesso restrito
dc.subject Núcleo paratrigeminal pt
dc.subject Homeostase circulatória pt
dc.subject Barorreflexo pt
dc.subject Eletrofisiologia pt
dc.subject Registro simultâneo de neurônios pt
dc.subject Homeostase pt
dc.subject Núcleos do Trigêmeo pt
dc.subject Baroreflex en
dc.subject Electrophysiology en
dc.subject Homeostasis en
dc.subject Trigeminal Nuclei en
dc.title Função do núcleo paratrigeminal na homeostase circulatória e reflexos cardiorrespiratórios pt
dc.title.alternative Role of the paratrigeminal nucleus in circulatory homeostasis and cardiorespiratory reflexes en
dc.type Tese de doutorado
dc.contributor.institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.identifier.file Retido-083a.pdf
dc.identifier.file Retido-083b.pdf
dc.identifier.file Retido-083c.pdf
dc.description.source TEDE
dc.description.source BV UNIFESP: Teses e dissertações
unifesp.campus São Paulo, Escola Paulista de Medicina (EPM) pt



File

Name: Retido-083a.pdf
Size: 1.134Mb
Format: PDF
Description:
Open file
Name: Retido-083b.pdf
Size: 1.494Mb
Format: PDF
Description:
Open file
Name: Retido-083c.pdf
Size: 1.224Mb
Format: PDF
Description:
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search


Browse

Statistics

My Account