Female Sexual Function Index, Inventário de Depressão de Beck, Body Dysmorphic Disorder após reconstrução mamária 

Female Sexual Function Index, Inventário de Depressão de Beck, Body Dysmorphic Disorder após reconstrução mamária 

Título alternativo Sexuality, depression and body image after breast reconstruction
Autor Archangelo, Silvania de Cassia Vieira Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Sabino Neto, Miguel Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Introduction: Breast cancer is the second most frequent one worldwide, the most prevalent one among women and the one that most causes death. Its treatment has improved in the last decades although it still presents an impact over global life quality and its specific aspects as depression and body image, which can be minimized through a reconstructing procedure of the breast that surgically removed. Goal: To evaluate sexual function, depression and body image after breast reconstruction. Methods: In order to evaluate the sexual function, it was applied a sexual function specific questionnaire, The Female Sexual Function Index (FSFI), which was used to 90 women divided into three groups: control ( n=30), mastectomy (n=30) and breast reconstruction (n=30). It was also applied the Beck Depression Inventory (BDI) and the Body Dysmorphic Disorder Examination (BDDE) in order to evaluate depression and body image, respectively. Results: It was observed a significant difference among the groups regarding the average scores of FSFI (p=0,007), the scores of BDI (p=0, 02) and the BDDE (p=0, 01). It was observed a correlation of sexual function decreasing with age, no steady relationship and high scholar formation. Young patients in the mastectomy group also presented significantly higher scores of BDI and BDDE, what means more depressive symptoms and worst body image, respectively. Conclusion: Sexual function and body image were better in the group of patients who underwent breast reconstruction which allowed observing fewer depressive symptoms.

Introdução: O câncer de mama é o segundo mais frequente no mundo, o mais prevalente nas mulheres e o que mais causa mortes. Seu tratamento evoluiu nas últimas décadas, embora tenha impacto negativo sobre a qualidade de vida global e de aspectos específicos da qualidade de vida, como função sexual, depressão e imagem corporal, que podem ser minimizados por um procedimento de reconstrução da mama retirada cirurgicamente. Objetivo: Avaliar a função sexual, depressão e imagem corporal após reconstrução mamária. Métodos: Para avaliar a função sexual, foi utilizado o questionário específico de função sexual, o The Female Sexual Function Index (FSFI), aplicado a 90 mulheres divididas em três grupos: controle (n=30), mastectomia (n=30) e reconstrução mamária (n=30). Utilizou-se ainda o Inventário de Depressão de Beck (BDI) e o Body Dysmorphic Disorder Examination (BDDE), para avaliar depressão e imagem corporal, respectivamente. Resultados: Foi observada diferença significante entre os grupos quanto aos escores medianos do FSFI (p= 0, 007), quanto aos escores do BDI (p= 0,02) e do BDDE (p= 0,01). No grupo de pacientes mastectomizadas, observou-se diminuição da função sexual com a idade, ausência de parceiro fixo e escolaridade alta. As pacientes jovens deste grupo também apresentaram escores significativamente mais elevados do BDI e BDDE, significando mais sintomas depressivos e pior imagem corporal, respectivamente. Conclusão: A função sexual e imagem corporal foram melhores no grupo de pacientes submetidas à reconstrução mamária. Neste grupo observaram-se menos sintomas depressivos.
Palavra-chave Depressão
Imagem corporal
Questionários
Reconstrução de mama
Sexualidade
Neoplasias de mama
Idioma Português
Data de publicação 2010-08-25
Publicado em ARCHANGELO, Silvania de Cássia Vieira. Female Sexual Function Index, Inventário de Depressão de Beck , Body Dysmorphic Disorder. 2010. Tese (Doutorado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2010.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 162 p.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9649

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publico-341.pdf
Tamanho: 982.3KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta