Estudos integrados sobre o vírus do Papilomavírus Bovino: aspectos morfológicos, citológicos, moleculares e citogenéticos

Estudos integrados sobre o vírus do Papilomavírus Bovino: aspectos morfológicos, citológicos, moleculares e citogenéticos

Autor Campos, Sérgio Roberto de Souza Leão da Costa Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Santos, Rita de Cassia Stocco dos Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo O Papilomavírus Bovino infecta epitélios, ocasionando tanto lesões cutâneas, geralmente benignas, como também cânceres no trato digestivo e urinário. Objetivos: Neste trabalho, foram estabelecidas culturas primárias obtidas de lesões de animais infectados por BPV com diferentes características clínicas e avaliadas as diferenças morfológicas, citogenéticas e moleculares dessas células primárias em relação às células de cultivo de animais sadios e alguns parâmetros comparado com células de cultivos temporários de linfócitos de sangue periférico. Métodos: Foram coletadas amostras de sangue e biópsias de 9 animais avaliados clinicamente como sadios, com papilomatose cutânea, papilomatose esofágica e hematúria enzoótica. Tais amostras foram analisadas histopatologicamente, citogeneticamente e submetidas à investigação de presença de sequências de DNA viral. Foram estabelecidos cultivos primários de cada grupo de amostras e realizada a caracterização morfológica, curva de crescimento e senescência, marcação de proteínas de citoesqueleto (vimentinas, citoqueratinas e actinas), adesão focal (paxilina e vinculina) e proteína do capsídeo viral L1. Resultados: Detectou-se a presença do DNA viral nas primeiras passagens dos cultivos estabelecidos assim como se observou maior número de células com alterações cromossômicas nos três grupos de animais clinicamente afetados em relação aos sadios, tanto nos cultivos primários quanto nos cultivos temporários de linfócitos de sangue periférico, destacando-se rearranjos com adições e deleções, seguidos das quebras cromatídicas e fragmentos acêntricos. As células dos grupos clinicamente afetados por BPV apresentaram marcação dupla de vimentina e citoqueratina, sugerindo um fenômeno chamado transição epitelial-mesenquimal já visto em alguns casos de cânceres. Nesses cultivos, as marcações das fibras de actina e das proteínas de adesão focal mostraram desarranjo, retração das fibras e formação de lamelipodia, provavelmente fruto da ação das proteínas virais. Também foi detectada por imunofluorescência a presença de proteína do capsídeo viral na região nuclear e perinuclear. Conclusões: A presença do DNA do vírus através das passagens, as alterações cromossômicas e a expressão da proteína viral são evidências pela primeira vez apresentadas de que os vírus mantém alguma atividade in vitro. Alterações tanto das proteínas do citoesqueleto como de adesão focal apontam para que essas mesmas células já estejam sofrendo as primeiras mudanças para um processo neoplásico.
Palavra-chave Animais
Biologia Celular
Bovinos
Celulas cultivadas
Citogenetica
Viros oncogenicos
Papillomavirus bovino 1
Idioma Português
Data de publicação 2011-06-29
Publicado em CAMPOS, Sérgio Roberto de Souza Leão da Costa. Estudos integrados sobre o vírus do Papilomavírus Bovino: aspectos morfológicos, citológicos, moleculares e citogenéticos. 2011. Tese (Doutorado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2011.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 126 p.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9599

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publico-12788a.pdf
Tamanho: 1.736MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo
Nome: Publico-12788b.pdf
Tamanho: 753.8KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta