Estudo epidemiológico de pacientes pediátricos portadores de tumor do sistema nervoso central matriculados no Instituto de Oncologia Pediátrica

Estudo epidemiológico de pacientes pediátricos portadores de tumor do sistema nervoso central matriculados no Instituto de Oncologia Pediátrica

Título alternativo Epidemiological study of pediatric patients with central nervous system tumor assisted at the Institute of Pediatric Oncology
Autor Pinho, Ricardo Silva Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Vilanova, Luiz Celso Pereira Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Neurologia/Neurociências - São Paulo
Resumo Purpose: Central nervous system (CNS) tumors comprise the most frequent group of solid malignant tumors in pediatric patients, representing approximately 20% of all tumors in children under the age of 15. The objective of this study was to determine the epidemiology of primary tumors of the CNS in pediatric patients from a Brazilian oncology institute. Methods: We retrospectively analyzed 741 charts (415 males and 326 females) from patients under 21 years of age who were diagnosed with a CNS tumor. The analysis included patients from 1989 to 2009 and was completed using the World Health Organization criteria. We evaluated the distribution of age, gender, topography, clinical symptoms, symptom intervals and classification of the tumors. Patients with clinical/radiological diagnoses were included. Results: Seven hundred and forty-one patients with tumors in the CNS were reviewed, and 75% of the patients presented a histological diagnosis. Males (56%) were more prevalent than females. In children under the age of three, the supratentorial compartment was the predominant region involved (51,3%). Astrocytoma was the most frequent tumor type (39,9%), followed by medulloblastoma (14,0%), craniopharyngioma (10,4%) and ependymoma (6,9%). Headaches were the most common symptom, and the symptom intervals varied from 1 to 5.010 days. Approximately 4% of the patients had associated genetic syndromes. Conclusions: The authors analyzed a group of pediatric patients with CNS tumors in a Brazilian referral hospital. Although this was not a population study and selection bias may have occurred, our data may be representative of the Brazilian population.

Objetivo: Determinar a epidemiologia dos tumores primários do sistema nervoso central em pacientes pediátricos numa instituição oncológica brasileira. Métodos: Analisamos retrospectivamente 741 prontuários (415 homens e 326 mulheres) de pacientes com idade inferior a 21 anos, com diagnóstico de tumor do SNC de acordo com os critérios da OMS (Organização Mundial da Saúde) no período entre 1989 - 2009. Distribuição por idade e sexo, topografia, sinais e sintomas clínicos, intervalo dos sintomas e classificação dos tumores foram avaliados. Pacientes com diagnóstico clínico/radiológico foram incluídos. Pacientes com idade superior a 22 anos ou que na triagem oncológica foram descartados neoplasia do SNC foram excluídos. Resultados: Setecentos e quarenta e um pacientes portadores de tumor do sistema nervoso central (SNC) foram revisados, sendo que 75% apresentavam diagnóstico histológico. O sexo masculino foi o mais prevalente (56%). Em crianças abaixo dos três anos de idade, o compartimento supratentorial predominou (51,3%). O astrocitoma foi o tumor mais freqüente (39,9%) seguido do meduloblastoma (14,0%), craniofaringioma (10,4%) e ependimoma (6,9%). A cefaléia foi o sintoma mais comum e o intervalo dos sintomas variou de 1 a 5010 dias. Aproximadamente 4% dos pacientes tinham síndromes genéticas associadas. Conclusões: Os autores analisaram uma série de pacientes pediátricos com tumores do sistema nervoso central em um hospital brasileiro de referência. Embora não seja um estudo populacional e possa ter viés seletivo, nossos dados podem ser representativos da nossa população.
Palavra-chave Criança
Epidemiologia
Tumor do sistema nervoso central
Tumor na infância
Tumor cerebral
Neoplasias encefálicas
Brain neoplasms
Child
Epidemiology
Idioma Português
Data de publicação 2010-09-29
Publicado em PINHO, Ricardo Silva. Estudo epidemiológico de pacientes pediátricos portadores de tumor do sistema nervoso central matriculados no Instituto de Oncologia Pediátrica. 63 f. 2010. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2010.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 63 f.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9583

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Tese-12330.pdf
Tamanho: 1.105MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta