Estudo dos possíveis efeitos da associação da Ginkgo biloba e ômega-3 na cognição de idosas saudáveis

Estudo dos possíveis efeitos da associação da Ginkgo biloba e ômega-3 na cognição de idosas saudáveis

Título alternativo Study of the possible effects of Ginkgo biloba and omega 3 combination on the cognition of healthy elderly women
Autor Tobias, Débora Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Galduróz, José Carlos Fernandes Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Several studies point to the beneficial effect of Ginkgo biloba and omega 3 on cognition in the elderly. The objective of this research was to verify whether the combined use of these substances enhances the cognitive functioning. The study was conceived as a double-blind, placebo-controlled, randomized trial. Altogether, 43 subjects between 60 and 70 years old, female, healthy, with more than 8 years of formal education, have ingested substances on a daily basis, for three months, according to the assigned treatment group: placebo+placebo (n=12), ginkgo+placebo (n=10), ômega3+placebo (n=11), ômega3+ginkgo (n=10), in the form of capsules that could contain 80 mg of ginkgo, 1 gram of fish oil (rich in omega 3) or placebo. Unlike other studies, we found no improvement in cognition of/in any of the four groups. The hypotheses suggested are: time of treatment or insufficient doses of substances.

Alguns estudos apontam para o efeito benéfico do uso isolado de Ginkgo biloba ou ômega 3 na cognição de idosos. Desta forma, o objetivo desta pesquisa foi verificar se o uso associado destas duas substâncias potencializa a melhora cognitiva em mulheres idosas (n=43), de 60 a 70 anos, saudáveis e com escolaridade igual ou superior a oito anos. Realizou-se um estudo duplo-cego, placebo controlado e randomizado. As substâncias foram administradas por 3 meses, de acordo com o grupo de tratamento: placebo+placebo (n=12), ginkgo+placebo (n=10), ômega3+placebo (n=11) e, ômega3+ginkgo (n=10). Os comprimidos continham 80 mg de extrato seco de Ginkgo biloba e as cápsulas, 1 g de óleo de peixe (rico em ômega 3). Exames laboratoriais, testes cognitivos e escalas para ansiedade, depressão e qualidade de vida foram aplicadas no início e ao final do tratamento. Não encontramos melhoras na funções cognitivas avaliadas em nenhum dos quatro grupos. A ação conjunta de uma série de fatores podem ser destacados para auxiliar a compreensão dos resultados finais, como o tempo de tratamento, doses insuficientes das substâncias, alta escolaridade das idosas e pequeno número de sujeitos em cada grupo. A comparação da literatura com nossos achados demonstrou que não há um consenso sobre os testes cognitivos a serem utilizados, as doses e tempo de uso das duas substâncias.
Palavra-chave Cognição
Envelhecimento
Ácidos graxos ômega-3
Ginkgo biloba
Ginkgo biloba
Fatty acids omega 3
Aging
Cognition
Idioma Português
Data de publicação 2010-07-28
Publicado em DUARTE, Débora do Espírito Santo Tobias. Estudo dos possíveis efeitos da associação da Ginkgo biloba e ômega-3 na cognição de idosas saudáveis. 2010. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2010.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 66 p.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9574

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publico-380.pdf
Tamanho: 930.3KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta