Estudo da Imunorreação do Anticorpo Monoclonal Ki-67 (MIB-1) e dos Receptores de Estrogênio e Progesterona no Carcinoma de Mama de Mulheres Tratadas com Tamoxifeno em Baixa Dosagem

Estudo da Imunorreação do Anticorpo Monoclonal Ki-67 (MIB-1) e dos Receptores de Estrogênio e Progesterona no Carcinoma de Mama de Mulheres Tratadas com Tamoxifeno em Baixa Dosagem

Título alternativo Study of the Immune Response of the Ki-67 (MIB-1) Monoclonal Antibody and estrogen and progesterone Receptors in Breast Carcinoma of Patients Treated with Low Dose of Tamoxifen
Autor Sousa, Juarez Antônio de Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Gebrim, Luiz Henrique Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Medicina (ginecologia) – São Paulo
Resumo Breast carcinoma is the most common malignancy among women, and it has a major impact on mortality. Studies of primary chemoprevention with tamoxifen have generated high expectations and considerable success rates. The efficacy of lower doses of tamoxifen is similar to that seen with the standard dose of the drug, and there is a reduction in medical care costs and adverse effects. The immune reaction to monoclonal antibody Ki-67 (MIB-1) and the expression of estrogen receptors (1D5) and progesterone receptors (PgR 636) in breast carcinoma were studied in patients treated with 10 mg of tamoxifen for a period of 14 days. A prospective randomized clinical trial was conducted with 38 patients divided into two groups: Group A: N = 20 (control group–without medication) and Group B: N = 18 (tamoxifen/10 mg/day for 14 days). All patients signed an informed consent term previously approved by both institutions (UNIFESP-EPM and Hospital Materno Infantil, Goiânia-GO). Patients underwent incisional biopsy before treatment and 14 days later a sample of tumor tissue was obtained during surgical treatment. Positivity was quantitatively assessed, counting at least 1.000 cells per slide. For statistical data analysis, a Wilcoxon non-parametric test was used, and α was set at 5%. Both groups (A and B) were considered homogeneous regarding control variables. In Group A (control), there was no statistically significant reduction in Ki-67 (MIB-1) (p=0.627), estrogen receptor (1D5) (p=0.296) and progesterone receptor positivity (PgR 636) (p=0.381). In Group B (tamoxifen 10 mg/day), the mean percentage of nuclei stained by Ki- 67 (MIB-1) was 24.7% before and 10.4% after tamoxifen treatment. Mean percentage of nuclei stained by estrogen receptor (1D5) was 59.5% before and 25.9% after tamoxifen treatment. Mean percentage of nuclei stained by progesterone receptor (PgR 636), was 59.3 before and 29.6% after tamoxifen treatment. A statistically significant reduction was found with the three markers (p<0.001). Tamoxifen significantly reduced monoclonal antibody Ki-67 (MIB-1), estrogen receptor (1D5) and progesterone receptor positivity (PgR 636) in the breast epithelium of patients with carcinoma, treated with a 10 mg dose of tamoxifen for 14 days.

O carcinoma da mama é a neoplasia maligna mais freqüente entre as mulheres com grande impacto na mortalidade. Os estudos de quimioprevenção primária com tamoxifeno têm gerado boas expectativas e consideradas taxas de sucesso. Doses menores do tamoxifeno apresentam eficácia semelhante à dose padrão, com redução de custos e efeitos adversos. Estudou-se a imunorreação do anticorpo monoclonal Ki-67 (MIB-1) e a positividade dos receptores de estrogênio (1D5) e progesterona (PgR 636) no carcinoma de mama de mulheres tratadas com 10 mg de tamoxifeno por um período de 14 dias. Realizou-se estudo prospectivo, randomizado, com 38 mulheres, divididas em dois grupos: Grupo A: N = 20 (Grupo controle - sem medicação) e Grupo B: N = 18 (tamoxifeno 10 mg/dia por 14 dias). Todas as pacientes assinaram termo de consentimento previamente aprovado pelas duas instituições (Universidade Federal de São Paulo – Escola Paulista de Medicina e Hospital Materno Infantil de Goiânia-GO). A seguir foram submetidas à biópsia incisional e, após 14 dias, foi obtida nova amostra do tecido tumoral durante o tratamento cirúrgico definitivo. A positividade foi avaliada quantitativamente, contando-se no mínimo 1.000 células para cada lâmina. Para a análise estatística dos dados, foi utilizado o teste não paramétrico de Wilcoxon, fixandose α em 5%. Os dois grupos (A e B) foram considerados homogêneos em relação às variáveis de controle. No grupo A (controle) não houve redução estatisticamente significativa da positividade do Ki-67 (MIB-1) (p=0,627), e dos receptores de estrogênio (1D5) (p=0,296) e progesterona (PgR 636) (p=0,381). No grupo B (tamoxifeno 10 mg/dia) a porcentagem média de núcleos corados pelo Ki-67 (MIB-1) foi 24,7% antes e 10,4% após. Para o receptor de estrogênio (1D5), 59,5% antes e 25,9% após e para o receptor de progesterona (PgR 636), 59,3% e 29,6%, respectivamente. Houve redução significativa para os três marcadores (p<0,001). O tamoxifeno reduziu significativamente a positividade do anticorpo monoclonal Ki-67 (MIB-1), receptor de estrogênio (1D5) e receptor de progesterona (PgR 636) no epitélio mamário de pacientes com carcinoma, tratadas com tamoxifeno na dose de 10 mg por 14 dias.
Palavra-chave Tamoxifeno
Antígeno Ki-67
Receptores estrogênicos
Receptores de progesterona
Neoplasias mamárias
Imuno-histoquímica
Tamoxifen
Ki-67 antigen
Receptors, estrogen
Receptors, progesterone
Breast neoplasms
Immunohistochemistry
Idioma Português
Data de publicação 2006-12-31
Publicado em SOUSA, Juarez Antonio de. Estudo da Imunorreação do Anticorpo Monoclonal Ki-67 (MIB-1) e dos Receptores de Estrogênio e Progesterona no Carcinoma de Mama de Mulheres Tratadas com Tamoxifeno em Baixa Dosagem. 2006. 99 f. Tese (Doutorado em Ciências) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, 2006.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 99 f.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9523

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publico-9523.pdf
Tamanho: 837.3KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta