Estudo da expressão de Antígenos Aberrantes em plasmócitos de portadores de Mieloma Múltiplo através de Citometria de Fluxo Multiparamétrica

Estudo da expressão de Antígenos Aberrantes em plasmócitos de portadores de Mieloma Múltiplo através de Citometria de Fluxo Multiparamétrica

Título alternativo Detection of aberrant antigens in multiple myeloma cells by multiparametric flow cytometry
Autor Leite, Luiz Arthur Calheiros Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Yamamoto, Mihoko Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Medicina (Hematologia) - EPM
Resumo The aims of this study were to determine aberrant antigens (AA) in MM cells and to evaluate their prognostic value and frequency. Methods: bone marrow plasma cells of an homogeneous cohort of 30 newly diagnosed patients with MM were studied. As normal control, bone marrow plasma cells from 4 healthy marrow do-nors were also evaluated. Surface and cytoplasmic antigens were analysed using multiparametric flow cytometry (FACS calibur cytometer and Cell Quest and Paint-a-Gate softwares – BD). Plasma cells were identified by gating CD45-/CD38++/CD138+++ expressing cells and AA were identifyed using a panel of fluorochrome conjugated monoclonal antibodies: CD45, CD38, CD138, CD19, CD56, CD117, CD13, CD33, CD28, CD14, CD10 CD20, CD22 and HLA-DR. Re-sults - All the patients but one (96,6%) showed at least one AA and the most fre-quent ones were CD56+, CD117+, CD33+, CD13+. The expression of lymphoid an-tigens was more frequently found in those cases that expressed a great number of AA. The absence of the adhesion molecule CD56 was associated with high levels of ß2- microglobulin (p =0,009) and ionic calcium (p = 0,03), showing its prognostic value in MM. The CD28+ also showed a tendency of association with high levels of ß2- microglobulin. We also found one case of CD19+ MM (rare phenotype in neo-plastic plasma cells). Conclusions: The myeloma cells show a high frequency of AA and it should be highlighted the importance of CD56, CD117 and CD28 as prognostic markers, as well as the utility of FC for the study of minimal residual disease in MM patients by detection of the AA, through multiparametric flow cytometry.

Objetivo: Determinar a freqüência e o valor prognóstico dos antígenos aberrantes em pacientes com Mieloma Múltiplo (MM), através da imunofenotipagem por ci-tometria de fluxo multiparamétrica. Métodos Foram estudados plasmócitos em material de medula óssea de 30 pacientes com MM, ao diagnóstico e sem ne-nhum tratamento prévio. Como controle normal, foram estudados plasmócitos de doadores de medula, para transplante. Avaliou-se a expressão dos antígenos de superfície e citoplasmáticos por citometria de fluxo (Citômetro FACs calibur, BD, e programa Cell Quest e Paint-a-Gate, BD). Para o estudo antígenos aberrantes nos plasmócitos mielomatosos foi utilizado o painel de anticorpos monoclonais: CD45, CD38, CD138, CD19, CD56, CD117, CD33, CD13, CD14, CD28, CD10, CD20, CD22, HLA-DR. A seleção de plasmócitos foi baseada na expressão do CD138, CD38, CD45. Resultados: com exceção de um caso, todos os demais pacientes (96,6%) apresentavam pelo menos um antígeno aberrante e os mais freqüentes foram o CD56+, CD117+, CD33+, CD13+, observados em 88% dos pa-cientes. A expressão de antígenos linfóides foi encontrada nos casos que apre-sentavam maior número de antígenos aberrantes. Quando avaliada a relação da expressão dos antígenos aberrantes com os parâmetros clínico-laboratoriais, ob-servou-se que os pacientes portadores de MM CD56- possuíam maiores níveis de β2M e de cálcio ionizável em comparação aos com MM CD56+. Além disso, paci-entes com MM CD28+ também mostraram uma tendência a altos valores de β2M. Conclusões: Os antígenos aberrantes são altamente freqüentes nos plasmócitos do mieloma múltiplo, destacando a importância do CD56, CD117 e do CD28 no prognóstico e na utilidade dos antígenos de alta freqüência (CD56+, CD117+, CD33+, CD13+) para a detecção da doença residual mínima nesta doença, atra-vés da citometria de fluxo multiparamética.
Assunto Mieloma múltiplo
Plasmócitos
Citometria de fluxo
Antígenos aberrantes
Imunofenotipagem
Idioma Português
Financiador Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
Número do financiamento CNPq: 830927/99-9
FAPESP: 01/130836-3
Data 2006-05-31
Publicado em LEITE, Luiz Arthur Calheiros. Estudo da expressão de Antígenos Aberrantes em plasmócitos de portadores de Mieloma Múltiplo através de Citometria de Fluxo Mul-tiparamétrica. 2006. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2006.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 73 p.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/9520

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: Publico-0151.pdf
Tamanho: 954.8Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)